Ibovespa cai pelo quarto pregão seguido e afunda 2,47% na semana

Avanço da Covid-19 no país e risco fiscal puxam índice para baixo

1

O Ibovespa emendou, nesta sexta-feira (22), o quarto pregão seguido no vermelho. Com isso, o resultado não poderia ser outro: afundou quase 2,50% na semana. E as principais razões para essas quedas são bem conhecidas. Todas estão relacionadas, de alguma forma, à pandemia da Covid-19.

Em suma, o principal índice acionário da bolsa brasileira recuou 0,80% no pregão desta sexta. Assim, caiu para 117.380,49 pontos, e acumula um recuo de 1,38% neste ano. Pode até parecer pouco, mas, exatamente há duas semanas, o Ibovespa atingira o seu recorde de fechamento, superando os 125 mil pontos. Isso mostra o quanto o índice perdeu em poucas sessões.

Esses recuos vêm de alguns pontos específicos. O primeiro é o risco do descontrole da situação fiscal do Brasil. Essa incerteza doméstica é vista por analistas e investidores como um obstáculo à retomada econômica do país neste ano. Já o segundo é o fantasma de novas rodadas de auxílio emergencial, que assombra os investidores. Em terceiro lugar, estão os problemas envolvendo a vacinação, que segue de maneira lenta e com poucas doses disponíveis, o que aumenta a cautela dos mercados. Por fim, a pandemia segue em ritmo acelerado no Brasil, e em todo o mundo, o que causa ainda mais temor nas sessões.

 

Quase 80% das ações do Ibovespa caem nesta sexta

Neste cenário pouco convidativo, apenas 18 das 81 ações que compõem o Ibovespa fecharam o dia com ganhos. Aliás, nenhum deles foi expressivo, à exceção dos papéis da BRF ON, que lideraram os ganhos percentuais, subindo 3,19%. As outras altas ficaram abaixo dos 2,00%. Ao todo, o giro financeiro chegou a R$ 22,6 bilhões. E, completando o top cinco, ficaram: Magazine Luiza ON (1,96%), Sabesp ON (1,79%), CSN ON (1,68%) e Azul PN (1,59%).

Por fim, do lado negativo, com recuos bem mais expressivos, marcaram presença: IRB Brasil ON (-8,95%), CVC ON (-4,98%), Eletrobras ON (-3,39%), Cyrela ON (-3,35%) e Braskem PNA (-3,30%).

 

LEIA MAIS

Bolsas da Europa recuam devido a restrições e dados fracos da economia

Bolsas asiáticas caem nesta sexta (22, puxadas por avanço da Covid-19

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Ibovespa cai pelo quarto pregão seguido e afunda 2,47% na semana […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.