Humberto Martins volta a elogiar Jade Picon: “Muito segura”

Os dois ainda não começaram a gravar, mas já estão nos preparativos para 'Travessia', onde interpretam pai e filha.

0
Humberto Martins volta a elogiar
Reprodução: Instagram

Em meio a preparação para iniciar as gravações de ‘Travessia’, da Globo, Humberto Martins volta a elogiar Jade Picon, que interpretará sua filha na novela. A contratação da influencer deu muito o que falar, dividindo a web e até os profissionais da área, no entanto, a ex-BBB vem chamando atenção.

Humberto Martins volta a elogiar Jade Picon

Em entrevista à Patrícia Kogut, colunista do jornal O Globo, o ator admite que não conhecia o trabalho de Jade na internet, no entanto, durante os preparativos, a influencer teve a oportunidade de mostrar algumas coisas que já fez. Mesmo que Picon não tenha experiência na TV, o ator considera importante estar acostumada a lidar com o público. “Depois que a conheci, Jade me mostrou as coisas dela na internet. Pelo que vi ela já tem uma experiência desde muito nova com exposição de conteúdo. Então acho que isso aí é um grande ponto positivo a favor dela”, opina ele.

Ademais, o veterano não poupa elogios à colega de cena: “É uma fofura, uma menina maravilhosa. Muito educada, tranquila. Achei a Jade bem segura, de personalidade forte. Isso é importante”, aponta, por fim.

Esta não é a primeira vez que Humberto elogia Jade. Em entrevista ao podcast ‘Papagaio Falante’, do Sérgio Mallandro, o ator comentou sobre o início dos trabalhos com a influencer. “Já fizemos um trabalho individual juntos. Ela é boa. Ela tem talento, é inteligente, é uma menina bacana, ela pode. Não é à toa. Ninguém ia fazer uma escolha assim, entende? De uma situação que se fosse constrangedora para a pessoa, para a empresa ou para o próprio projeto. É claro que viram nela um potencial”, declarou, na ocasião.

Humberto, então, aproveitou para reforçar que as críticas à ex-BBB não são justas e aponta que vários artistas hoje em dia relevantes na atuação também começaram trabalhando em outras áreas. “Antigamente eram os modelos de comerciais que vinham, que entravam (nos projetos), como Victor Fasano, como eu mesmo… Eu comecei como modelo”, disse, por fim.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.