Hospitais de campanha no RJ completa 2 meses de atraso, entenda o que acontece

Nesta terça-feira (30), completa dois meses que os hospitais deveriam ser entregues, porém só o do Maracanã e o de São Gonçalo foram inaugurados.

1

No Rio de Janeiro, o problema continua com as datas de inauguração dos hospitais de campanha. Nesta terça-feira (30), completa dois meses que os hospitais deveriam ser entregues, porém só o do Maracanã e o de São Gonçalo foram inaugurados, mesmo assim com atraso e com menos leitos do que o projeto previa.

O ex-secretário de Saúde, Fernando Ferry, emitiu um relatório sugerindo que os hospitais, que até o momento não foram inaugurados, não fossem abertos mais. Porém seu sucessor, o atual secretário Alex Bousquet, ainda não comentou o assunto, com mais de uma semana no cargo, Bousquet não deu uma entrevista.

Responsáveis pelos hospitais e saída de secretários

Após diversos problemas com prazos envolvendo a Organização Social Iabas, responsável, no primeiro momento, por construir e gerir as unidades e a saída de dois secretários de Saúde, ficou indefinido a inaugurações dos demais hospitais. Em meio a todo esse caos na saúde do estado, o mesmo tem registrado quase 10 mil mortos por conta da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com os dados oficiais da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, até ontem, segunda-feira (30), foram 9.848 mortes e 111.883 casos confirmados por conta da covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) realizou um estudo e aconselhou que as cinco unidades a terminar não sejam mais abertas. Um dos motivos alegados pela Secretaria é a queda na taxa de ocupação dos leitos.

Outro motivo apontado é o curso mensal de tais leitos. O estudo informou que um leito de UTI custa cerca de R$ 44 mil e o de enfermaria, R$ 34 mil.

A nova gestão estuda a situação dos hospitais para uma decisão definitiva, disse a SES em nota.

1 comentário
  1. […] Hospitais de campanha no RJ completa 2 meses de atraso, entenda o que acontece […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.