Homem tenta subornar policiais com R$ 100 mil e acaba preso

A fim de se safar da prisão, o homem ainda ofereceu a quantia de R$ 100 mil à equipe, que não aceitou e o prendeu em flagrante

0

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (24), com mais de R$ 200 mil e cigarros contrabandeados em Cubatão, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o suspeito, a fim de evitar a prisão em flagrante, teria tentado subornar os agentes, oferecendo R$ 100 mil para ser liberado.

Leia também: PM atira e mata homem durante abordagem; veja o vídeo

De acordo com a PRF, os policiais chegaram até o suspeito enquanto faziam o patrulhamento nas margens da rodovia. Em dado momento, em uma área próxima a comunidade da Mantiqueira, em Cubatão, os agentes avistaram um veículo parado no acostamento.

“Ao se aproximar, a equipe percebeu que o motorista demonstrou certo nervosismo e decidiu abordá-lo”, revelou a entidade, que ainda explica que, durante a busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado. Todavia, ao revistar o carro do suspeito, as autoridades encontraram no banco traseiro 700 maços de cigarro contrabandeado e R$ 215 mil.

A fim de se safar da prisão, o homem ainda ofereceu a quantia de R$ 100 mil à equipe, que não aceitou e o prendeu em flagrante. (Foto: reprodução)

Aos agentes, o suspeito revelou que já havia vendido a maior parte da carga na região do Brás, em São Paulo, e que estava retornando a Blumenau, em Santa Catarina. Lá, ele iria entregar o dinheiro para o chefe da organização criminosa.

Além disso, ele também revelou que atuava com contrabando há 8 anos e que tinha diversas passagens pelo crime. “O suspeito ainda declarou que havia mudado a sua rota da Rodovia Régis Bittencourt (BR 116) para SP-055 para não ser abordado pela Polícia Rodoviária Federal”, revelou em nota a corporação.

Suborno 

A fim de se safar da prisão, revelou a PRF, o homem ainda ofereceu a quantia de R$ 100 mil à equipe, que não aceitou e o prendeu em flagrante. Agora, além de responder em flagrante por contrabando, o acusado também será julgado pelo crime de corrupção ativa, pois tentou subornar os policiais.
Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.