Homem que matou candidato a vereador em Minas se entrega à polícia

Jorge Marra era secretário de obras da Prefeitura de Patrocínio em Minas Gerais. Ele matou um candidato a vereador na última quinta-feira (24)

0

O homem que matou um candidato a vereador em Patrocínio, em Minas Gerais, se entregou para a polícia neste domingo (27). De acordo com as informações da polícia, Jorge Marra se entregou na Delegacia Regional da Polícia Civil.

A Polícia o estava procurando desde a última sexta-feira (25). Ou seja, um dia depois do assassinato de Cássio Remis, que aconteceu na quinta-feira (24). A polícia suspeita que ele tenha recebido ajuda de um  ex-prefeito da cidade de Perdizes, também em Minas Gerais.

Câmeras de segurança mostram o momento exato em que Jorge Marra atira contra o vereador da oposição. Jorge Marra, aliás, era secretário de obras da cidade. Ele trabalhava na gestão do prefeito Deiró Marra, que vem ser o seu irmão.

A história intricada acabou chocando a cidade. De acordo com relatos de moradores, as famílias Remis e Marra são inimigas históricas na política local. Mas ainda segundo esses moradores nada nunca chegou no nível de um assassinato.

O delegado Renato Mendonça, que está cuidando do caso, afirmou que já ouviu cinco testemunhas. Mas ele disse ainda que deve ouvir outras. Entre elas, o ex-prefeito de Perdizes, que, aliás, teria ajudado Marra em seus dias de fuga da polícia.

Matou vereador e se entregou

Ainda de acordo com o delegado, Marra deve responder por uma série de crimes. Entre eles estão o de assassinato e o de andar com arma mesmo sem ter o direito ao porte. A defesa do ex-secretário não quis se manifestar após a prisão.

Cássio Remis estava realizando uma live nas redes sociais. Ele estava denunciando supostas irregularidades com funcionários do prefeito. Foi neste momento que o secretário Marra tomou o celular do candidato. Quando Cássio foi pegar novamente o aparelho uma grande discussão se formou. Marra matou Cássio.

Cássio tinha apenas 37 anos de idade e era presidente do PSDB no município. Ele disputou as eleições para prefeito ainda em 2016. Mas ele acabou perdendo para Deiró Marra naquela ocasião. Agora, Deiró vai tentar buscar uma reeleição.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.