Homem que fugiu da cadeia misteriosamente foi um dos mentores do roubo de aviões em MS

O roubo aconteceu na segunda (06), no aeroporto de Aquidauana. Na ocasião, cerca de 18 criminosos entraram no local e renderam o vigia e seus filhos

0

A Polícia Civil já sabe que um dos mentores do roubo de três aviões em Aquidauana, na região oeste do Mato Grosso do Sul, é Laudelino Ferreira Vieira, o “Lino”, de 42 anos, que simplesmente sumiu do presídio de segurança máxima em Campo Grande, em maio deste ano.

De acordo com as informações, o suspeito cumpria pena de 80 anos de reclusão e nunca mais apareceu. Seu nome só voltou a ser comentado agora, por conta do roubo das aeronaves no hangar de Aquidauana.

Segundo a Polícia Civil, o nome do suspeito, que tem histórico de participação no mesmo tipo de crime, o roubo de três aviões em Corumbá, em janeiro de 2004, quando um piloto foi assassinado, veio à tona depois que dois jovens foram presos.

Roger Breno Wirmond dos Santos, de 22 anos, e Cristhofer Cristaldo Rocha, de 21 anos, revelaram que Lino dava as ordens por chamada de vídeo de um local ainda desconhecido. Além dele, os investigadores já identificaram pelo menos dez pessoas que participaram do crime.

O roubo aconteceu na segunda (06), no aeroporto de Aquidauana. Na ocasião, cerca de 18 criminosos entraram no local e renderam o vigia e seus filhos.
O roubo aconteceu na segunda (06), no aeroporto de Aquidauana. Na ocasião, cerca de 18 criminosos entraram no local e renderam o vigia e seus filhos. (Foto: reprodução)

Ana Cláudia Medina, delegada responsável pelas investigações, contou em entrevista ao portal “G1” que o grupo, dias antes de invadir o local e roubar os aviões, monitorou a rotina do lugar, tirou fotos e ainda acompanhou a movimentação policial para avisar a quadrilha.

“Estamos preservando algumas informações porque temos a possibilidade de recuperar as aeronaves e estamos aguardando. A investigação está em andamento e houve ali uma disposição geográfica, então, fica o alerta”, disse a delegada.

Por fim, ela ainda explicou que os dois jovens presos negaram o envolvimento no roubo, de fato, mas confessaram que participaram do planejamento, fornecendo arma e informando sobre as possíveis rotas, por exemplo.

O roubo dos aviões

O roubo foi realizado na madrugada de segunda (06), no aeroporto de Aquidauana. Na ocasião, cerca de 18 criminosos entraram no local e renderam o vigia e seus filhos.

Durante a ação, as vítimas foram amarradas com lacres e presas na grade de proteção do tanque de combustível enquanto os aviões eram abastecidos.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), as três aeronaves levadas estão com situação de aeronavegabilidade normais, ou seja, aptas para voar.

Ainda segundo a Anac, esses aviões pertencem ao cantor Almir Sater, ao pecuarista Zelito Ribeiro, irmão do prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro, e à família do ex-prefeito José Henrique Trindade.

Leia também: Polícia prende suspeito de financiar mega-assalto em Araçatuba

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.