Homem mata mulher a tiros após invadir posto de saúde em SP

Logo depois de matar a mulher, que era sua ex-companheira e atuava como assistente social na unidade, o suspeito cometeu suicídio

0

Um triste caso de feminicídio foi registrado nesta segunda-feira (10) na Mooca, bairro localizado na Zona Leste de São Paulo. Por lá, um homem invadiu um posto de saúde e matou a tiros uma mulher.

Mulher atropela suspeito durante tentativa de assalto em SP

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) revelou que o homem tinha 60 anos e, após ter disparado contra a mulher, que tinha 51, e era sua ex-companheira, cometeu suicídio.

Ainda conforme a SSP, a mulher trabalhava no local como assistente social e, assim como o acusado, também morreu no local do fato, que agora será investigado por meio de inquérito policial.

Prefeitura lamenta o caso

Após a triste ocorrência do homicídio, a prefeitura de São Paulo divulgou uma nota lamentando o caso e revelando que os atendimentos do Ambulatório de Especialidades (AE) Mooca – Dr. Ítalo Domingos Le Vocci estão suspensos até conclusão da perícia.

Outro caso em São Paulo

Outro fato ocorrido em São Paulo, e em uma unidade de saúde, aconteceu no domingo (09) em Guarulhos. Por lá, um paciente agrediu uma técnica de enfermagem em uma ação que foi gravada pelas câmeras de segurança do local.

Nas imagens, é possível ver que o agressor, um homem que não teve sua identidade revelada, chega no local e passa a falar com o médico. Neste momento, ambos passam a olhar para o fundo da sala, onde estava a técnica de enfermagem, que aparentemente estava consultando o prontuário do paciente.

Instantes depois, com os documentos em mãos, o médico explica algo para o paciente e os dois começam a discutir. Em seguida, a mulher tenta intervir a desavença, mas acaba levando a pior, pois o homem dá um tapa no rosto da moça e, não satisfeito, tira a máscara da mulher e desfere um golpe ainda mais forte.

Depois das agressões, o homem saiu do local e fugiu. Em nota, a Polícia Civil de Guarulhos afirmou que apura a agressão e que o caso “foi registrado pela Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 7º Distrito Policial da cidade, que notificará a vítima para ser ouvida, bem como testemunhas e o autor do fato”.

Leia também: Traficante dá tiro em mão de jovem após ela recusar namorar com ele no Rio

5/5 - (4 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.