Homem destrói carro de ex-namorada com facão por não aceitar término

A dona do veículo, ex-namorada do suspeito, revelou que os dois ficaram juntos por pouco tempo. Mesmo assim, ele não recebeu bem o fim do relacionamento

0

A Polícia Civil revelou, nesta quinta-feira (23), que um homem, flagrado por câmeras de segurança destruindo um carro e também a fachada de uma loja no centro de Itu, no interior de São Paulo, usando um facão, cometeu o crime porque não aceitava o fim do relacionamento com a ex-namorada.

De acordo com a entidade, a destruição do veículo, que pertence a ex, aconteceu no feriado de 7 de Setembro. No vídeo liberado pela corporação, dá para ver que o suspeito estava em seu carro. Após estacionar, ele desce e vai ao encontro do automóvel ao lado, que estava parado.

A primeira ação do suspeito foi abrir o vidro da porta do veículo. Depois disso, ele passou a usar o facão para desferir golpes por toda a lataria do automóvel. Em dado momento, ele para de golpear o carro e passa a vandalizar a fachada de um estabelecimento local.

Depois disso, ele volta ao carro e começa a depredar o veículo novamente, o deixando com os vidros e lataria totalmente danificados.

A dona do veículo, ex-namorada do suspeito, revelou que os dois ficaram juntos por pouco tempo. Mesmo assim, ele não recebeu bem o fim do relacionamento
A dona do veículo, ex-namorada do suspeito, revelou que os dois ficaram juntos por pouco tempo. Mesmo assim, ele não recebeu bem o fim do relacionamento. (Foto: reprodução)

Relacionamento com a ex-namorada

Em depoimento, a dona do veículo revelou que os dois namoraram por pouco tempo. Ainda conforme a mulher, que não teve seu nome revelado, a ação aconteceu em um local próximo ao seu trabalho, onde ela costuma deixar o carro estacionado.

“A vítima relatou aos policiais que não estava no local no momento do vandalismo e notou que se tratava do ex-namorado quando conferiu a câmera de segurança do estabelecimento”, informou a Polícia Civil.

Depois que descobriu quem tinha vandalizado seu carro, a mulher foi à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Itu e registrou um boletim de ocorrência sobre o caso, que continua sendo investigado e corre em segredo de justiça. Ela também conseguiu uma medida protetiva deferida com base na Lei Maria da Penha.

Leia também: Ex-amante cria ‘fake’ para matar atual amante de mulher em SP

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.