Homem agride mulher minutos depois dela denunciá-lo à PM

Um homem foi preso em flagrante após ter agredido a ex-companheira. Ele pegou a vítima pelo cabelo, a jogou no chão e a agrediu com chutes e tapas.

1

A Polícia Militar (PM) prendeu em flagrante na tarde desta quarta-feira (06), um homem que agrediu a ex-companheira em Mineiros do Tietê, no interior de São Paulo. Segundo a PM, o suspeito foi até a loja onde a mulher trabalha e a ameaçou de morte. Com medo, a vítima se dirigiu à unidade da PM para denunciar a ameaça.

Leia também: Polícia prende americano que veio ao Brasil para ter relações com menina de 14 anos

Quando retornava para o seu trabalho, a mulher foi abordada pelo ex-companheiro logo após estacionar sua moto. O homem a cercou na calçada, pegou a vítima pelo cabelo, a jogou no chão e a agrediu com chutes e tapa.

O homem a cercou na calçada, pegou a vítima pelo cabelo, a jogou no chão e a agrediu com chutes e tapa
Ele pegou a vítima pelo cabelo, a jogou no chão e a agrediu com chutes e tapas. (Foto: reprodução)

Ainda segundo a PM, o homem foi encontrado durante patrulhamento e negou a agressão. Porém, as imagens da câmera de segurança confirmaram a acusação. Ele foi apresentado na delegacia e indiciado por violência doméstica.

Outro caso de violência contra mulher 

Outro caso de violência contra mulher registrado nesta quarta (06) aconteceu em Antonina, no Litoral do Paraná. Por lá, um homem foi preso suspeito de matar duas mulheres. De acordo com a Polícia Civil, as vítimas eram idosas e tinham 65 e 68 anos de idade.

Ainda de acordo com a polícia, primeiro, o homem matou a dona de uma casa onde estava prestando serviços de limpeza. Na sequência, ele agrediu uma amiga da vítima com tijoladas.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e uma das mulheres morreu no local. Já a outra idosa chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e também faleceu.

A PM montou um cerco, inclusive com o apoio de um helicóptero, para localizar o homem. O suspeito foi encontrado escondido em uma casa. Os motivos do crime são investigados.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Homem agride mulher minutos depois dela denunciá-lo à PM […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.