Helio de La Peña sobre teste do sofá na TV Globo: “Institucionalizada”

O ator de 'Casseta e Planeta' diz que os assédios apenas terminaram após troca de direção na emissora

0

Helio de La Peña abriu o jogo, em entrevista ao podcast ‘Inteligência Ltda.’, na última quinta-feira (8), sobre os testes do sofá na TV Globo. O ator, ex-integrante do humorístico ‘Casseta & Planeta’, diz que nunca presenciou os assédios, mas sempre ouvia falar deles.

Wesley Safadão teria mudado de posto para receber vacina de dose única

Para o ator, e tantos outros contratados da TV Globo, a prática era bastante institucionalizada: “Tinha uma coisa assim que era o tal do ‘teste do sofá’. Pra menina fazer uma figuração, os diretores e os produtores assediavam. Eu não via, mas ouvia falar. Era corriqueiro. Porr*, tinha produtor que tinha contato com cafetina e botava as meninas como figuração. Tinha uma coisa de uma libertinagem, de um abuso, um assédio. Quem não cedesse, de fato, não ia pra frente e não subia [na carreira]. Enfim, era uma coisa realmente institucionalizada”.

Penã revela que isso acontecia nos anos 80 e 90 na TV Globo e apenas mudou com a troca de direção, que fez um ‘limpa’ entre os produtores: “Eles foram atrás e demitiram os produtores que faziam esse tipo de jogada, tentando criar um ambiente mais profissional, mais correto e mais decente pra televisão. Algumas pessoas até estranharam um pouco e falaram: ‘Ué, mas isso não é mais televisão”.

Helio fala sobre caso de Marcius Melhem

Durante entrevista no podcast, Hélio ainda abriu o jogo sobre o caso de Marcius Melhem, que era diretor artístico da TV Globo, e foi denunciado por atrizes por assédio sexual, em especial Dani Calabresa. O ator diz que não mantinha contato com Marcius, mas que ouviu algumas coisas estranhas sobre ele:

Eu não tinha contato com a produção do Marcius, não tinha noção nem ideia do que estava acontecendo. Eu vim saber quando veio à tona [a denúncia] com a revista Piauí. Depois, conversando com alguns amigos lá dentro, me falaram que era isso mesmo, que a coisa era estranha.

Para la Peña, Marcius tentou reproduzir as ações do passado e, por isso, se “deu mal”.

 

 

Veja também: Cleo se casa com Leandro D’Lucca em cerimônia íntima

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.