Hamilton vence corrida eletrizante e alcança Verstappen; pilotos estão empatados em pontos

A última etapa será disputada no próximo domingo, a partir das 11h, no circuito da Yas Marina, nos Emirados Árabes, também no Oriente Médio

0

O piloto britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP da Arábia Saudita, na tarde deste domingo (5), em Ryad, na penúltima etapa do Mundial de Fórmula 1 2021, de forma espetacular.

Em segundo lugar, ficou o holandês Max Verstappen, da Red Bull. Agora, o heptacampeão mundial foi a 369,5 pontos, alcançou o holandês em pontos, mas Verstappen tem a vantagem no número de vitórias.

A última etapa será disputada no próximo domingo, a partir das 11h, no circuito da Yas Marina, nos Emirados Árabes, também no Oriente Médio.

A prova

A largada foi perfeita para a Mercedes, quando Hamilton manteve a ponta, Bottas se manteve em segundo, como bom escudeiro, e Verstappen ficou em terceiro.

Enquanto isso, Charles Leclerc, da Ferrari, ultrapassou o outro carro da Red Bull, pilotado por Sergio Perez, e assumiu o quarto posto.

Desta maneira, Hamilton passou a ter a corrida nas mãos e foi abrindo vantagem sobre o companheiro de equipe.

Por sua vez, Verstappen ficava limitado em terceiro lugar, atrás de Bottas, vendo o inglês ampliar a vantagem na ponta.

Naquele momento, a corrida estava mais interessante nas brigas por posições no meio do grid.

Mas, na volta dez, o alemão Mick Schumacher, da Haas, rodou sozinho, bateu forte na proteção de pneus e o Safety Car entrou na pista.

Desta forma, Hamilton e Bottas pararam para trocar pneus, enquanto Verstappen se manteve na pista e assumiu a liderança.

Pouco tempo depois, o diretor de prova deu bandeira vermelha, para retirar o carro, e acabou beneficiando o holandês, que trocou de pneus na parada.

Na relargada, Hamilton chegou a passar à frente, mas Verstappen retomou a ponta e o inglês ainda foi passado por Esteban Ocon.

No entanto, em seguida, Perez também bateu e o outro carro da Haas, de Nikita Mazepin, bateu forte outra bandeira vermelha foi dada.

Porém, como Verstappen passou Hamlton por fora, foi punido e relargou em terceiro lugar. E, na volta, Hamilton, em segundo, largou mal, caiu para terceiro e Verstappen ficou na frente, com Ocon em segundo.

Mas, na volta 18, Hamilton já passou o francês e já foi à caça do holandês, na briga direta pela vitória na prova.

Contudo, a prova continuou tendo acidentes e o Virtual Safety Car entrou ao menos mais duas vezes na pista.

Briga pesada

Na volta 37, Hamilton abriu para passar Verstappen, mas os dois se tocaram de leve e saíram da pista, voltando em seguida.

E, menos de uma volta depois, Hamilton tentou passar e eles se tocaram, pois Verstappen parou com tudo na frente dele.

Na volta 42, Hamilton chegou a passar de novo, mas tomou o ‘x’ do holandês. Em seguida, foi anunciada a punição ao holandês, em cinco segundo em seu tempo final.

E, depois, Hamilton ainda ultrapassou o piloto holandês, ganhando a corrida dentro pista.

Leia também: Lazio atropela a Sampdoria fora de casa e sobe na classificação do Campeonato Italiano

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.