Hamilton expõe mágoa com Rosberg por 2016

0

Em entrevista para a TV Globo Lewis Hamilton abriu o jogo sobre seus adversários durante a carreira. Ele foi bem incisivo em sua mágoa com Nico Rosberg. O único que lhe tirou um título desde 2014.

Piloto Inglês repete o gesto do herói pantera negra. ( Fonte: portalcorreio.com.br)

Hamilton qualificou indiretamente Rosberg como pessoa ruim. Além disso, falou que não esquece dos bastidores do campeonato 2016. Porém, não se preocupa mais com o que passou. Dessa maneira, respondendo na pista aos que duvidaram dele.

No final daquela temporada ele prometeu escrever em sua biografia os detalhes daquele vice-campeonato. Porém, ele não voltou a falar sobre isso recentemente. Fica claro que houve uma disputa forte de bastidores entre eles.

Nico e Lewis se conheceram ainda na infância disputando provas de kart. Eram grandes amigos. Mas na vida adulta a rivalidade se tornou mais forte que a amizade. E não restou espaço para uma reconciliação até agora. Parece que não haverá esse retorno num futuro breve.

Causas sociais aumentaram evidência de Hamilton em 2020

Desde que saiu da McLaren onde imperava um rígido código de conduta capitaneado por Ron Dennis ele se tornou mais solto. Hamilton passou a falar mais sobre causas antirracistas e a se vestir mais livremente.

Algo que ele sempre desejou fazer e que realizava com nomes fictícios como o caso de sua carreira na música. Porém, o despertar do mundo fora do esporte para Hamilton se deu com a participação nos protestos de Black Lives Matter em Londres mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus. Agora, Lewis não perde chances de se manifestar sobre a causa que defende.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.