Haddad anuncia Lúcia França como vice para sua chapa ao governo de São Paulo

0

O candidato ao governo de São Paulo pelo PT, Fernando Haddad, anunciou na tarde desta sexta-feira (5) a educadora Lúcia França (PSB) como candidata a vice em sua chapa.

A informação foi divulgada pelo petista via rede social: “Depois de muitas tratativas com os seis partidos aliados em busca de uma mulher para compor a nossa chapa ao governo do Estado, pedi ao PSB que indicasse o nome. A indicação me chegou e não poderia me dar maior satisfação: a educadora Lúcia França será a nossa vice”.

A coligação é formada pela Federação Brasil da Esperança (PT, PC do B e PV), pelo PSB e pela frente PSOL e Rede. Haddad vinha conversando com Marina Silva, da Rede, para fechar a vice, mas a ex-senadora decidiu se candidatar a deputada federal por São Paulo.

O estado de São Paulo segue tendo uma disputa acirrada nas pesquisas eleitorais, por enquanto, Fernando Haddad é o favorito para ir ao segundo turno disputar a eleição ao cargo de governador. Com isso, basta saber quem irá ao segundo turno com ele.

Nesse sentido, a disputa fica ainda mais acirrada com França e Tarcísio quase que empatados na margem de erro da última pesquisa eleitoral do estado, realizada pela revista Datafolha.

Haddad em convenção do Partido dos Trabalhadores

A candidatura do ex-prefeito havia sido confirmada pelo PT no sábado (23), em um evento na Assembleia Legislativa do estado, a Alesp. Fernando Haddad construiu sua vida política toda no estado de São Paulo.

O petista foi ministro da educação durante os governos de Lula e Dilma e também já assumiu o cargo de prefeito da cidade mais importante do Brasil, São Paulo, durante os anos de 2013 a 2016.

“Estamos conversando com seis partidos que compõem essa coalizão inédita, pessoas com grande experiência e desejo de ajudar o país a sair da crise em que ele se encontra”, disse Haddad no sábado.

Na convenção, também foi aprovada a indicação de Márcio França (PSB) como candidato ao Senado pela chapa com o PT. Ele saiu da disputa ao governo do estado no dia 8. O PSB faz parte da Federação Brasil da Esperança, junto com PT, PV e PCdoB, até o momento. O PT também negocia a entrada do Psol, que irá anunciar no próximo sábado (30) sua decisão.

O evento contou também com a participação de Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice-presidente na chapa com Lula, e sua esposa Maria Lúcia Alckmin. “Todos os partidos aqui da frente, nós temos uma grande responsabilidade. A eleição nacional passa por São Paulo, não só pelo tamanho do estado, que tem quase um quarto do eleitorado brasileiro, mas porque São Paulo é uma caixa de ressonância, o que acontece aqui ressoa no Brasil inteiro”, disse Alckmin.

O petista falou também da disputa nacional e da chapa formada por Lula e Alckmin. “Não há uma pessoa que possa compor chapa hoje com o Lula melhor que Geraldo Alckmin, não há no Brasil. Uma pessoa com experiência, compromisso democrático. E o fato de ter sido adversário do Lula durante o período democrático só o engrandece”, afirmou Haddad.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.