Guedes defende vacinação em massa contra a Covid-19

De acordo com Paulo Guedes, a vacinação em massa é o "capítulo mais importante" na luta contra a Covid-19.

1

Para que a retomada da economia possa ocorrer de forma sustentada e sem interrupções, uma vacinação em massa deverá acontecer. Essa é a opinião do ministro da Economia, Paulo Guedes, que deu a declaração durante a entrevista coletiva, realizada nesta sexta-feira (18), em que o balanço final de 2020 foi apresentado.

Leia também: Governo exigirá exame negativo de Covid-19 para quem entrar no país

De acordo com Paulo Guedes, a vacinação em massa é o “capítulo mais importante” na luta contra a Covid-19. “Somente após a imunização da população será possível sustentar a recuperação econômica, baseada no consumo e em investimentos.”, declarou.

Durante o discurso, Guedes ainda lembrou que o governo liberou R$ 20 bilhões para a compra de vacinas. Para ele, é fundamental que a disponibilização dos imunizantes seja forma gratuita e voluntária. “Qualquer brasileiro pode escolher a vacina que ele quer tomar. Não paga pela vacina e escolhe a vacina, se quiser tomar“, opinou.

Guedes e a segunda onda da Covid-19

O ministro voltou a comentar que, na visão dele, até o momento, não há indicação clara de que o país esteja em uma segunda onda de contaminações pela Covid-19.

“Se houver um revigoramento da pandemia, e uma segunda onda, claramente indicada do ponto de vista da saúde, que é quem indica isso, temos de ter uma ação tão fulminante e decisiva como a que houve antes”, disse.

Todavia, o ministro salientou que o “plano A” é retomar um ritmo mais forte para a economia e encerrar o estado de calamidade pública já no fim deste ano.

“Se não for essa a realidade, vamos ver o que fazemos. Aprendemos bastante. Vamos fazer o que deu certo. A grande esperança é a vacinação em massa, para permitir um retorno seguro ao trabalho, para permitir que a economia possa sustentar o voo que estava antes”, finalizou.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.