Guedes dá sinal verde para permanência do Bolsa Família

Ainda não foi descartado a criação do Renda Cidadã, programa que visa substituir o Bolsa Família, porém o ministro reconhece a dificuldade de financiamento para atender o proposto do novo projeto.

1

Nesta sexta-feira (17), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que se o governo não encontrar o financiamento que atenda ao Renda Cidadã, programa que visa substituir o Bolsa Família, o novo programa deve ser cancelado e o Bolsa será mantido.

Para o novo programa entrar em vigor, Guedes informou que é necessário respeitar o teto de gastos, que impede que as despesas do governo suba acima da inflação do ano anterior.

“Se não encontrarmos espaço fiscal para fazer um programa melhor, vamos voltar para o Bolsa Família. É melhor voltar para o Bolsa Família que promover um programa irresponsável”, afirmou o ministro durante um evento virtual.

Com o advento do novo coronavírus (covid-19), desde março, os beneficiários do Bolsa Família migraram para receber o auxílio emergencial.

O ministro ainda afirmou que o governo não tem planos para prorrogar o auxílio emergencial, ou seja, continuar pagando em 2021.

Após 5 meses de pagamentos do auxílio, o governo prorrogou, via medida provisória, a extensão até dezembro da ajuda. Entretanto, o valor caiu de R$ 600 para R$ 300.

Renda Cidadã

O relator da PEC (proposta de Emenda à Constituição) do Pacto Federativo, o senador Marcio Bittar (MDB-AC), afirmou que o programa que visa substituir o Bolsa Família, o Renda Cidadã, vai pagar de R$200 a R$300.

Em entrevista ao jornalista Gerson Camarotti, o senador disse que o novo programa terá pelo menos R$ 25 bilhões a mais do que o Bolsa Família.

“O valor (do benefício individual) ficará mais baixo. Ficará entre R$ 200 e R$ 300 neste primeiro momento. Para isso, tivemos que encontrar uma nova solução orçamentária. Mas não vamos furar o teto. Nesse debate, chegou a ser pensada numa solução extra-teto. Porém, não era ideal e a equipe econômica encontrou uma solução”, disse Bittar.

O senador ainda disse que o valor será aumentado a cada período, com base no espaço do orçamento.

1 comentário
  1. Taison oliveira Loreto Diz

    Sr. Paulo Guedes aprova logo a prorrogação do seguro pq pra bancário é rápido as coisas e para os trabalhadores é demorado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.