Grêmio confirma Felipão como novo técnico no lugar de Tiago Nunes

Esta é a quarta passagem dele pelo comando do clube gaúcho

0

Luiz Felipe Scolari foi confirmado nesta quarta-feira (7) como novo técnico do Grêmio para a sequência do Campeonato Brasileiro. O técnico pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002 chega para o lugar de Tiago Nunes.

O ex-treinador foi demitido no último domingo após derrota em casa para o Atlético Goianiense pelo Campeonato Brasileiro.

Aliás, Felipão vai encontrar um Tricolor em crise profunda e com uma campanha terrível na competição nacional. Atualmente, o clube gaúcho tem apenas dois pontos ganhos e não venceu nenhuma partida.

Assim, mesmo com um elenco caro e que foi montado para brigar pelo título da competição, o Grêmio hoje teme o rebaixamento para a Série B.

No entanto, Felipão ainda não vai comandar o clube no jogo contra o Palmeiras, nesta quarta-feira (7), no Allianz Parque, a partir das 19h, em São Paulo.

Ele só assume oficialmente a equipe no sábado (10), a partir das 16h30, quando o Tricolor recebe o arquirrival Internacional, na Arena, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Segundo o clube, o contrato de Felipão vai ser até o final de 2022. Aos 72 anos, Felipão estava atualmente sem clube e havia recebido proposta para comandar uma seleção sul-americana.

História

Esta será a quarta passagem de Felipão pelo Grêmio, que tem um forte vínculo com o clube do coração. A primeira foi em 1987, quando foi campeão Gaúcho. Depois, veio a segunda e mais vitoriosa, entre 1994 e 1997, quando conquistou títulos importantes.

Venceu a Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, além de amplo domínio nos confrontos contra o Inter.

Anos depois, voltou em 2014 e ficou até 2015. Nesta segunda passagem, porém, não conquistou nenhum título e ainda perdeu o título gaúcho de 2015 para o Colorado.

Nos últimos cinco anos, o Grêmio foi comandado por Renato Gaúcho, que assumiu em 2016 e ficou até o início da temporada 2021.

Com Renato, outro grande ídolo gremistas, o clube viveu outra era vitoriosa, com mais um título da Copa do Brasil e da Libertadores, além de uma hegemonia nos Grenais.

Com Tiago Nunes, o Grêmio foi campeão gaúcho este ano, mas o período de trabalho no clube durou apenas quatro meses.

Leia também: Atlético-GO recebe o Sport e busca a segunda vitória consecutiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.