Governos cancelam necessidade de cartão para vacina de covid-19

Imunização poderá acontecer sem necessidade de cadastro no aplicativo do SUS

1

O Ministério da Saúde, juntamente com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), publicaram nesta quinta-feira (14), uma nota. A nota esclarece o uso do Cartão Nacional de Vacinação e o cadastro no aplicativo Conecte SUS Cidadão, para acesso às vacinas contra o novo coronavírus. 

O acesso à vacina independerá do uso do aplicativo

De acordo com a publicação, o acesso da população à vacina que imuniza contra a Covid-19, não dependerá do cadastro no aplicativo. A vacinação será um direito de todos, gratuitamente e incondicionalmente, administrado pelo SUS. 

É importante atualizar os dados para identificação da vacina

A importância da identificação das pessoas que serão imunizadas foi enfatizada no comunicado. Por isso, autoridades da saúde orientaram para que toda a população atualize seu número do CPF ou seus dados do Cartão Nacional de Vacinação. 

“Entretanto, se no momento da imunização contra a covid-19 o cidadão não estiver de posse de nenhuma identificação, o estabelecimento de saúde, em sua plataforma CadSus, poderá efetuar o devido cadastro e o processo de imunização ocorrerá normalmente. Ninguém que pertence ao público prioritário da campanha, definido naquele momento, deixará de ser vacinado”, destaca a nota.

O aplicativo do SUS é de uso opcional

O app Conecte SUS Cidadão é uma ferramenta de uso opcional, para que cada cidadão decida se quer utilizá-lo ou não. Entretanto, o uso do aplicativo pode facilitar a identificação do indivíduo na hora da imunização, fazendo com que tudo ocorra mais rápido. 

“Além das funcionalidades atuais, será possível emitir pelo aplicativo Conecte SUS Cidadão o Certificado Nacional de Vacinação de maneira optativa à emissão do referido certificado pelos serviços de saúde”, finaliza a nota.

Todos os brasileiros estão ansiosos pelo momento de imunização, contudo, é importante se manter atualizado para saber como e quando ocorrerá a vacinação

Fonte: Agência Brasil 

 

 

Leia Também:

1 comentário
  1. […] um título esperado, mas nada almejado: o país foi avaliado como o pior no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Em uma escala de – 100 a + 100, e que considera fatores tais como condução econômica, gestão […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.