Governo vai gastar R$34,2 bilhões com novo Auxílio Emergencial

De acordo com dados de uma agência do Senado Federal, esse valor só não é maior porque o Governo vai usar recursos do Bolsa Família também

1

O Governo Federal vai gastar cerca de R$34,2 bilhões com os pagamentos das novas rodadas do Auxílio Emergencial. Pelo menos essa é a projeção da Instituição Fiscal Independente (IFI), do Senado Federal. O valor poderia ser muito maior.

É que a IFI considerou o fato de que o Governo vai usar também o dinheiro que já serviria ao Bolsa Família. Ao todo, o Planalto precisaria desembolsar algo em torno de R$45 bilhões. Mas uma parte desse dinheiro já vai vir do Bolsa.

De acordo com as informações do próprio Governo, o caixa do Bolsa Família tem R$10,8 bilhões. Isso significa dizer que esse dinheiro já iria ser gasto mesmo. Então o Governo só vai ter que desembolsar mais R$34,2 bilhões.

Na prática, quem recebe o Bolsa Família hoje vai sentir apenas uma pequena diferença na hora de sacar o novo Auxílio. É que a média atual de pagamentos do Bolsa está na faixa dos R$190. O novo auxílio tende a pagar quatro parcelas de R$250.

O novo auxílio deve ter mais efeito portanto na população mais vulnerável. De acordo com o próprio Governo a ideia é conseguir pagar esse novo auxílio para cerca de 25,8 milhões de pessoas que não estão atualmente em nenhum programa social.

Verba para o Auxílio

Mas mesmo considerando que o Governo vai gastar menos por causa dos recursos do Bolsa Família, eles querem uma contrapartida. O Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Congresso precisa aprovar a PEC Emergencial antes de prorrogar o auxílio.

De acordo com o Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), esse texto vai passar por uma votação na próxima quinta-feira (25). Mas não há garantia de que esse texto vá passar por uma aprovação rápida.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] estado de Alagoas começou nesta segunda-feira (22) o cadastro para o auxílio emergencial do Governo para gestantes. A ideia é que essas mulheres recebam o cartão do Programa Criança […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.