Governo estuda aumento das parcelas do seguro-desemprego

Mudança nas parcelas do benefício só atingiria os empregados demitidos durante a pandemia. Proposta é de Centrais Sindicais

2

O Governo Federal está neste momento estudando a possibilidade de aumentar as parcelas do seguro-desemprego. Mas isso não valeria para todo mundo. Apenas os trabalhadores que tiveram demissão na pandemia teriam esse aumento.

De acordo com as informações oficiais, o Ministério da Economia está estudando essa possibilidade. O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) também está analisando a questão.

Mas o fato é que esta é uma proposta de várias Centrais Sindicais. A ideia é que os trabalhadores que saíram dos seus trabalhos neste período tenham um tempo maior de segurança para conseguir outro emprego.

Hoje o seguro-desemprego tem de três a cinco parcelas. Ou seja, não pode passar disso. Esse período varia de caso para caso. Depende de quantas vezes o empregado pediu o benefício. Aliás, também influencia aqui o tempo que o empregado trabalhou antes da demissão.

Com as possíveis mudanças, o trabalhador poderia ter até sete parcelas de benefício. Ou seja, seria mais de meio ano de segurança para conseguir um emprego novo. As Centrais Sindicais afirmam que isso seria economicamente possível para o Governo.

Parcelas do Seguro-Desemprego

Vale lembrar ainda que o projeto não prevê nenhuma mudança em relação ao valor dessas parcelas. Ou seja, seguiria a regra atual. Atualmente o valor das parcelas varia entre R$1.045 e R$1.813,03.

Ou seja, é uma variação entre o salário mínimo atual e o teto de pagamento do próprio programa. Seja como for, o novo projeto só atinge as pessoas que tenham demissão entre os dias 20 de março e 31 de dezembro deste ano.

2 Comentários
  1. Taison oliveira Loreto Diz

    Não sei pq o governo federal está adiando a, aprovação da prorrogação do seguro pq a demora senhor Paulo Guedes aprova logo isso como que pra bancário é rápido as coisas

  2. Taison oliveira Loreto Diz

    Valoriza os trabalhadores do Brasil senhor Paulo Guedes pq só facilita para bancário aprova logo essa prorrogação do seguro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.