Governo decreta que salário mínimo vai aumentar para R$1.100

No Diário Oficial da União, o Governo publicou uma Medida Provisória (MP) que eleva o salário mínimo para R$1100

1

O Governo Federal vai aumentar o salário mínimo para R$1.100 a partir de 2021. A equipe econômica publicou uma Medida Provisória (MP) no Diario Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (31) nas primeiras horas desta manhã.

Este valor é portanto maior do que aquela projeção de R$1.088 que o Governo enviou ao Congresso no último dia 15 de dezembro. Naquela ocasião, o Governo já realizou um reajuste inicial de R$1.066 para os R$1.088.

Agora, essa MP já está valendo e o novo salário mínimo começa a valer a partir desta sexta-feira (1). Seja como for, o Congresso ainda tem que aprovar essa MP para que ela se torne de fato uma lei brasileira.

Hoje, o salário mínimo é de R$1.045, mas grande parte dos trabalhadores critica esse valor. É que ele não foi um aumento real se considerarmos os anos de 2019 e 2020. Muitos reclamam que os preços dos alimentos estão subindo em uma velocidade maior.

Mas o Governo Federal sustenta que este é o máximo que eles conseguem fazer. É que a palavra de ordem do Ministério da Economia agora é economizar. O Auxílio Emergencial, por exemplo, vai acabar nesta quinta-feira (31).

Valor do salário mínimo

Em entrevista para o portal de notícias G1, o Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, comentou esse aumento. De acordo com ele a cada R$1 de aumento o Governo gasta mais R$351 milhões no Orçamento final.

Com esse aumento de R$1088 para R$1100, o Governo deve gastar portanto algo em torno de R$4 bilhões a mais. Seja como for, Rodrigues garantiu que esse aumento não deve ultrapassar o teto de gastos do país e disse que a equipe econômica está tranquila quanto a isso.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.