Goiás vence o Operário e pula para a vice-liderança da Série B do Brasileiro

Time esmeraldino tinha começado a rodada em quinto lugar

0

O Goiás venceu o Operário de Ponta Grossa por 1 a 0 na tarde desta sexta-feira (30), no estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Marcelo Chamusca, saltou momentaneamente do quinto lugar para a vice-liderança, com 26 pontos, mas com um jogo a mais.

Por sua vez, a equipe comandada pelo técnico Matheus Costa, que perdeu um pênalti no primeiro tempo, fica com 21 pontos, em oitavo lugar.

Agora, na próxima rodada, o Fantasma volta a jogar na outra sexta-feira (6), quando visita o Remo, a partir das 16h, no estádio Baenão, em Belém do Pará.

Enquanto isso, o Goiás, joga no mesmo dia, mas às 19h30, em visita ao vice-líder Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

O jogo

Nos primeiros minutos, o Goiás tinha dificuldades em encontrar espaços em meio à forte marcação do time do Operário.

Por sua vez, o Fantasma também tentava sair nos contra-ataques, mas a primeira chance, com Rodrigo Pimpão, aos 10min, passou bem longe do gol, sem perigo algum.

Porém, de um modo geral, o primeiro tempo estava fraco tecnicamente, com poucas oportunidades de gol.

No entanto, aos 28min, Leandrinho, do Operário, foi derrubado dentro da grande área e o árbitro marcou pênalti.

Mas, Ricardo Bueno foi para a cobrança e bateu muito mal, mandando por cima do gol.

Contudo, mesmo com o pênalti perdido, o Operário continuou melhor e quase marcou aos 33min, quando Rafael Chorão chutou forte e Tadeu fez grande defesa.

Assim, o primeiro tempo terminou com empate sem gols.

Segundo tempo

Na etapa final, o Goiás voltou melhor, controlando mais a posse de bola e, assim, abriu o placar logo aos 4min.

Após cobrança de falta para dentro da grande área, a bola sobrou para o volante Rezende, que completou para o gol: 1 a 0.

Assim, o time da casa teve a tranquilidade necessária para ir controlando a partida.

Desta forma, quase ampliou aos 31min com Alef Manga, que chutou forte e o goleiro tirou com os pés.

Depois, aos 38min, novamente com Alef Manga, o Goiás perdeu outra grande chance, novamente salva pelo goleiro.

Mas, no final, o placar ficou inalterado.

Leia também: Marta desabafa após eliminação e vê futuro incerto na seleção brasileira feminina

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.