Glaucoma: entenda o que é e quais os sintomas

0

O glaucoma é uma doença ocular provocada pela elevação da pressão dos olhos. É silencioso, sendo responsável por 12% dos adultos que perdem a visão. No Brasil, 2% da população com idade superior a 40 anos possui glaucoma.

A visão é um dos sentidos mais importantes e o olho é o órgão responsável por ela. De tal forma que, o médico oftalmologista é o especialista quando o assunto é saúde dos olhos e, desde cedo, a população deve criar o hábito de consultá-lo anualmente para evitar que pequenos problemas comprometam a visão.

Sintomas do glaucoma

Em seu estágio inicial o glaucoma não apresenta sintomas e não causa dor. A medida que a doença avança, compromete primeiro a visão periférica, até que o campo de visão fique tão estreito que a pessoa terá apenas uma visão tubular. Se não for tratado, causa cegueira.

Diagnóstico

O glaucoma é diagnosticado através da medição da pressão intraocular pelo oftalmologista. O médico também poderá fazer o exame de fundo de olho.

Fatores de risco

Pessoas que possuem predisposição devem redobrar a cautela. Assim, os fatores de risco do glaucoma são:

  • Hereditariedade;
  • diabetes;
  • idade superior a 35 anos;
  • traumas oculares.

Apesar de ser uma doença comum em pessoas maiores de 35 anos, ele pode acometer pacientes de qualquer idade. Inclusive, existe o glaucoma infantil que pode ocorrer logo após o nascimento.

Tratamento do glaucoma

A primeira coisa a fazer é diminuir a pressão dos olhos. O tipo mais comum da doença é o glaucoma crônico. Ele não tem cura e é tratado com o uso de colírios. Caso o medicamento não ajude, é preciso tentar a redução através do uso do laser. Como último recurso, o médico pode recorrer à cirurgia.

Importante lembrar que se não for tratado, pode levar a cegueira em 80% dos casos.

Leia também:
Confira 4 curiosidades sobre o olho humano!
Mitos e verdades sobre vacinas, entenda mais sobre o tema

Em resumo, o diagnóstico precoce é a forma mais eficiente para impedir que o glaucoma avance e, para isso, é importante consultar um oftalmologista e medir a pressão ocular. Para mais dicas de saúde e bem-estar assine nossa newsletter e siga o Brasil 123 no Facebook!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.