Galo perde dois pontos valiosos contra o Coritiba

Mineiros chegaram a estar vencendo por 2 a 0, mas levaram o empate.

0

Sem poder atuar no Mineirão por conta de um show do cantor Gusttavo Lima, o Galo recebeu o Coritiba na Arena Independência, que foi importantíssima no título de Libertadores do Atlético, em 2013. Atualmente, no entanto, o Galo vem utilizando o Mineirão como sua verdadeira casa, até a Arena MRV ficar pronta.

Aproveitando esse gancho, o uniforme que o Atlético utilizou na partida de ontem fazia alusão à metade das obras estarem concluídas. Como o processo de construção chegou aos 50%, o Galo utilizou uma camisa especial para o confronto. Em campo, foi exatamente o mesmo panorama, visto que a superioridade do Alvinegro durou somente 45 minutos.

Isso porque, logo no primeiro tempo, o venezuelano Savarino anotou dois gols para os donos da casa. O primeira veio após linda assistência de Hulk. Já no segundo, ele dribrou Alex Muralha e deixou o Galo com o placar confortável. Em contrapartida, o Coritiba possui o terceiro técnico mais longevo da Série A, o que ficou claro quando a equipe não se desestabilizou com a desvantagem.

Galo
Coritiba arrancou ponto valioso em Belo Horizonte. Foto: Divulgação.

Galo sofre com Igor Paixão

Na volta do intervalo, o que se viu foi um ajuste muito interessante por parte do Coxa. Deixando o Atlético desconfortável sem ter a bola, os paranaenses contaram com uma grande atuação de Igor Paixão, garoto de 21 anos que infernizou o lado direito do Galo. Aliás, justamente o lado considerado mais seguro defensivamente.

Com um gol e uma linda assistência para Adrián Martínez, Igor Paixão foi o responsável por igualar o marcador. O empate em 2 a 2 foi mais justo pelo que foi a partida, mas quem comemora mais o ponto é o Coritiba. Com o resultado, o Coxa chegou aos quatro pontos no Brasileirão.

Por parte do Galo, o prejuízo é maior. Afinal, como o Corinthians já havia sido derrotado mais cedo pelo Palmeiras, o Atlético era o único time que podia manter 100% de aproveitamento. Além disso, os comandados de Antonio Mohamed sequer haviam levado gol nesse Brasileirão, ou seja, sofrimento em dose dupla.

Vale lembrar que o Galo tem jogo importantíssimo no meio de semana. Na briga pela primeira posição do grupo, o Atlético enfrentará o Indenpendiente del Valle-EQU, terça-feira (26), às 21h30.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.