Blogueira Gabby Petito foi morta por estrangulamento nos EUA

0

A blogueira Gabby Petito que estava em viagem pelos Estados Unidos da América (EUA) com o noivo, foi morta por estrangulamento. O laudo foi apresentado por um legista do estado norte-americano de Wyoming. 

 

Gabby Petito foi morta por estrangulamento nos EUA
Gabby Petito foi morta por estrangulamento nos EUA. (Imagem: ISTOÉ Independente)

 

Gabby Petito partiu em uma viagem de carro da cidade natal em Long Island, New York, com o noivo Brian Laundrie. Ambos postavam relatos sobre a viagem nas redes sociais. Após semanas de viagem, Laundrie voltou para casa na Flórida sozinho. 

O que gerou estranhamento foi o fato dele não entrar em contato com a família ou a polícia após o retorno. A família de Gabby Petito tomou conhecimento sobre o desaparecimento da jovem somente no dia 11 de setembro, quando registrou a denúncia. 

De acordo com o legista Brent Blue, Gabby Petito estava morta há semanas quando o corpo foi encontrado próximo a um parque nacional que o casal havia visitado durante a viagem. O noivo, Brian Laundrie, é o único suspeito e está desaparecido. 

Segundo o legista, o corpo da jovem ficou exposto ao ar livre no deserto durante três a quatro semanas até ser encontrado. Por hora, não há como confirmar detalhes, especialmente sobre a arma utilizada no estrangulamento. Detalhes toxicológicos também não foram divulgados, apenas que não havia nenhuma gravidez no momento da morte. 

O legista do condado de Teton decidiu seguir a autópsia inicial que declarou a morte por homicídio, ou seja, provocada por uma outra pessoa. “Infelizmente, esta é apenas uma das muitas mortes em todo o país de pessoas envolvidas em violência doméstica e é uma pena que essas outras mortes não tenham tanta cobertura quanto esta”, declarou Blue.

Laundrie, o noivo de Gabby Petito, continua desaparecido. Segundo a família do rapaz, ele saiu no dia 14 de setembro para uma caminhada e não voltou desde então. Embora ele seja o único suspeito do homicídio, ainda não foi feita nenhuma acusação formal sobre a morte da jovem blogueira. 

Por hora, a polícia com o apoio de equipes do FBI estão vasculhando a Carlton Reserve, um parque municipal com cerca de 10 mil hectares situado no condado de Sarasota, na Flórida. A patrulha conta com cães policiais, drones e veículos 4×4. Conforme apurado, o FBI emitiu um mandado de prisão federal acusando Laundrie de usar um cartão de débito de maneira fraudulenta após a morte da noiva

Na última terça-feira, 12, o advogado de Laundrie, Steve Bertolino, disse que as acusações não tinham fundamento, pois não ligavam Brian à morte de Petito. Em comunicado à imprensa, o advogado declarou que, “Embora Brian Laundrie seja atualmente acusado pelo uso não autorizado de um cartão de débito pertencente a Gabby, Brian é considerado apenas uma pessoa suspeita em relação à morte de Gabby Petito”. 

Ele ainda concluiu reforçando que, por hora, Brian permanece desaparecido. Mas logo que for localizado, o caso será cuidado com atenção, inclusive no que compete à acusação de fraude.

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.