Fux é diagnosticado com Covid-19, informou assessoria

Fux é recém-empossado como presidente do STF. A posse do ministro aconteceu no último dia 10.

0

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, está infectado com o novo coronavírus (covid-19), informou a assessoria da Corte.

Fux é recém-empossado como presidente do STF. A posse do ministro aconteceu no último dia 10. Em seu discurso, o novo presidente afirmou que o Supremo não vai aceitar e nem recuar perante o combate a corrupção no país. Por conta da pandemia da covid-19, a cerimônia foi restrita, limitada a familiares e algumas autoridades.

A assessoria informou que Fux está bem, e que procurou imediatamente atendimento médico após verificar que a temperatura corporal aumentou.

Ainda foi informado que o presidente do STF seguirá o protocolo e ficará afastado por 10 dias.

Sessões

Luiz Fux está no Rio de Janeiro e decidiu cancelar a sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) prevista para hoje (15). O ministro é presidente do conselho.

Na quarta (16), a sessão do STF está confirmada e o ministro vai dirigi-la por videoconferência. Essa será a primeira sessão de julgamentos com Fux na presidência da Corte.

Na semana anterior, Fux definiu a pauta de julgamentos até dezembro deste ano. Entre elas as ações previstas estão “ideologia de gênero” nas escolas, divisão dos royalties do petróleo e nova lei trabalhista.

Leia na íntegra a nota do STF:

A Assessoria de Comunicação da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) informa que o ministro Luiz Fux testou positivo para Covid-19. O presidente buscou serviço médico no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14) ao apresentar aumento de temperatura corporal.

A suspeita é de que possa ter contraído o novo coronavírus em almoço de confraternização familiar no último sábado (12). O ministro seguirá os protocolos de saúde e ficará em isolamento pelos próximos 10 dias.

O presidente Luiz Fux passa bem e pretende conduzir a sessão ordinária do Plenário nesta quarta-feira (16).

Assessoria de Comunicação da Presidência

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.