Furacão Isaías chega aos EUA com ventos de 140 km/h e provoca alagamentos

De acordo com os meteorologistas, furacão Isaías chegou aos EUA na condição de nível 1. Ele deve continuar subindo costa norte-americana

0

O furacão Isaías chegou aos Estados Unidos nesta segunda-feira (3). De acordo com os meteorologistas, o fenômeno alcançou a Carolina do Norte na condição de furacão de nível 1. Ventos de 140km/h estão sendo registrados.

Esta informação foi dada pelo Centro Nacional de Furacões (NHC). De acordo com as informações da emissora norte-americana CNN, o furacão provocou uma série de alagamentos na região costeira do país.

Além disso, a CNN disse que a tendência é que o fenômeno comece a seguir pela costa leste dos Estados Unidos. Mas a partir de agora sem o status de furacão. Isso porque, ainda segundo os especialistas, o fenômeno perdeu força e agora é uma tempestade tropical.

Apesar do nome, a Carolina do Norte fica em uma região mais ao sul dos Estados Unidos. Por isso, outros estados da região também estão em alerta. É o caso da Carolina do Sul, por exemplo, que tenta se preparar para a situação.

E existem motivos para o alerta. O meteorologista Michael Guy disse em entrevista para a CNN que mesmo que o furacão tenha se tornado uma tempestade, é preciso ter cuidado. Isso porque os ventos e os alagamentos podem afetar milhares de pessoas direta ou indiretamente.

Furacão Isaías

O Furacão Isaías, que a esta altura já virou Tempestade Isaías, já chegou a matar uma pessoa em sua passagem por Porto Rico. Por lá, os ventos causaram estragos como inundações e deslizamentos. Isso sem falar das milhares de pessoas que ficaram sem energia na região.

Outro país que foi muito atingido foi a República Dominicana. Há registros de quedas de árvores e de casas sendo inteiramente incendiadas por causa de curtos circuitos. Nesse país, no entanto, não foram registradas mortes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.