Fotos mostram policial aposentado armado ‘caçando’ ex-mulher após divórcio

A perseguição do policial aconteceu horas depois que os dois se encontraram, de forma online, na audiência que sacramentou a dissolução do casamento

0

Uma sequência de fotos publicada nesta segunda-feira (24) pelo portal “G1” mostra a ação de um policial aposentado que, inconformado com o divórcio, saiu, armado, em busca de sua ex-mulher. Isso, horas depois que os dois se encontraram, de forma online, na audiência que sacramentou a dissolução do casamento.

STF: é inconstitucional a alegação de ‘legítima defesa da honra’ em casos de feminicídio

Segundo as informações, apesar de as imagens feitas em Sorocaba, no interior de São Paulo, terem sido divulgadas nesta segunda, elas foram registradas em 25 de outubro do ano passado e resultaram na prisão do policial aposentado, de 55 anos.

De acordo com o portal, o agente está preso desde então. Isso porque o Ministério Público (MP) denunciou o acusado, que teve seu pedido de liberdade negado neste mês, pelo crime de tentativa de Feminicídio – a denúncia foi aceita pela Justiça.

A caçada do policial

Conforme aponta o boletim de ocorrência, a caçada do ex-marido aconteceu em uma loja onde a mulher trabalhava. De acordo com a vítima, que não teve seu nome revelado, seu ex-marido chegou de repente no local.

“Peguei o celular para ligar para o 190. Quando comecei a discar, eu o vi levantando a camisa e sacando a arma”, relembrou, afirmando que, instantes depois, ela gritou e o ex-marido disparou o revólver. “A arma deu problema no pente e engatilhou. Chutou outras duas portas e apontou a arma para outras pessoas”, completou a mulher.

Nas imagens abaixo, é possível ver uma parte da sequência dos fatos, gravados por câmeras de segurança do estabelecimento em que a vítima trabalhava. Na ocasião, a mulher conseguiu correr e foi rumo a outro cômodo do local, que tem dois andares.

Depois disso, o acusado entrou no refeitório da loja e apontou a arma para uma funcionária, querendo saber onde sua ex-companheira estava. Após não ter encontrado a mulher, o policial saiu do estabelecimento sem ter ferido ninguém. Veja as fotos:

Por fim, a informação é que a ação aconteceu logo depois de uma audiência de separação que foi feita de maneira online. Segundo a mulher, o homem chorou logo depois da dissolução do casamento e foi rumo a loja em que ela trabalhava para tentar matá-la.

“Pela localização do escritório do advogado, eu acho que ele saiu de lá e foi direto para a loja”, contou ela. “Pensava nas minhas filhas. Foi um livramento, porque vi ele passando na porta e por segundos consegui me esconder. Achei que ia morrer naquele momento. Um verdadeiro horror”, finalizou a mulher.

Leia também: Homem é preso acusado de espancar namorada até a morte em comunidade do Rio

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.