Fluminense abre vantagem sobre o Cerro e fica perto das quartas da Libertadores

Tricolor das Laranjeiras vence fora de casa por 2 a 0, no Paraguai

0

O Fluminense ficou com a mão na vaga ao fazer 2 a 0 no Cerro Porteño na noite desta terça-feira (13), no estádio La Olla, em Assunção, no Paraguai, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o time brasileiro, comandado pelo técnico Roger Machado, pode perder por até um gol de diferença no jogo de volta, no Rio de Janeiro, que avança às quartas de final.

Agora, o jogo de volta será disputado na outra terça-feira (20), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Antes disso, no sábado (17), recebe o Grêmio, a partir das 21h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 12ª rodada da competição nacional.

O jogo

A primeira chegada a gol foi do Fluminense, logo aos 3min, com Caio Paulista. No entanto, ele isolou e mandou por cima do gol.

Outra chegada do time brasileiro veio logo em seguida, aos 6min, em finalização e Nenê, que acertou um chute colocado e o goleiro desviou para escanteio.

Dessa maneira, só dava Fluminense, que quase abriu o placar aos 9min com Yago Felipe, sem ângulo, para defesa do goleiro.

Em seguida, aos 11min, Abel Hernández recebeu livre e tentou mandar de cabeça, mas finalizou de obro, sem jeito e perdeu a chance.

Assim, o time brasileiro era amplamente superior e Hernández deve mais uma grande chance para marcar. Aos 24min, recebeu livre e acertou um chute bem perto do gol.

E, quatro minutos depois, veio a melhor chance, agora com Nenê, que acertou a trave do Cerro Porteño.

Depois, o time da casa só conseguiu chegar com perigo aos 32min, com Morales, que mandou para fora.

Em seguida, aos 34min, Boselli perdeu uma grande chance, de cabeça, onde Marcos Felipe fez grande defesa.

Mas, o primeiro tempo acabou mesmo empatado por 0 a 0.

Segundo tempo

Na etapa final, o Fluminense abriu o placar logo aos 3min com o meia Nenê, que acertou um chute forte, no canto, fazendo 1 a 0.

Depois, aos 8min, Espínola teve grande chance para empatar, em chute de primeira, que passou por cima do gol.

No entanto, aos 15min, Egídio marcou o segundo gol dos brasileiros, aproveitando a sobra de uma conclusão e mandando para o gol: 2 a 0.

Depois, conseguiu manter o resultado até o final.

Leia também: Guarani vence o CRB e sobe para o terceiro lugar na Série B do Brasileiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.