Flamengo abre boa vantagem sobre o Barcelona na semifinal da Libertadores

Agora, o time carioca pode perder por até um gol de diferença no jogo de volta

0

O Flamengo venceu o Barcelona de Guaiaquil por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (22), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores da América.

Com esse resultado, o time carioca, sob comando do técnico Renato Gaúcho, dá um importante passo para ir à final, pois se fizer um gol fora, os equatorianos vão precisar de quatro para avançarem.

Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar na outra quarta (29), a partir das 21h30, no estádio Monumental de Guaiaquil.

Antes, o Rubro Negro tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro no final de semana, onde enfrenta o América Mineiro.

O duelo será no domingo (26), a partir das 11h, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O jogo

A primeira grande chance de gol da partida acabou sendo do Barcelona de Guaiaquil, aos 6min de jogo.

Na oportunidade, Mastriani chutou e o goleiro Diego Alves fez uma defesa espetacular. Na sobra, a bola ficou com Pociano, que chutou para outra grande intervenção do arqueiro.

Dois minutos depois, Everton Ribeiro respondeu para o Flamengo e chutou forte, obrigando Burrai a fazer uma boa defesa.

Outra grande chegada veio aos 15min, novamente com Everton Ribeiro, quando Burrai fez uma outra intervenção mais difícil.

Mas o gol estava amadurecendo e, aos 21min, Bruno Henrique, de cabeça, fez o primeiro dos cariocas: 1 a 0.

Depois, o Barcelona quase empatou aos 25min, com Mastriani, que mandou um chute bem perto do gol.

No entanto, o time da casa era melhor e aos 33min Bruno Henrique acertou o travessão, feito que se repetiu aos 36min com Andreas Pereira.

Mas, um minuto depois, Bruno Henrique mandou para o gol e fez 2 a 0.

Antes do intervalo, o Barcelona ainda teve o volante Molina expulso, deixando o Flamengo com um homem a mais.

Segundo tempo

No segundo tempo, mesmo com um a menos, o Barcelona quase descontou aos 2min, com Carcelén, que obrigou Diego Alves a fazer grande defesa.

Porém, o Flamengo continuava forte e, com um a mais, ia para cima. Assim, aos 3min, com Vitinho, quase marcou o terceiro.

Apesar disso, o tempo ia passando e o terceiro gol não saía. E, aos 43min, o Flamengo ainda teve o zagueiro Léo Pereira expulso, por agressão.

Leia também: São Paulo fica no empate sem gols com o América-MG em jogo atrasado da 19ª rodada

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.