Filha de prefeito baiano recebe auxílio emergencial de R$600

5

Sem preencher aos requisitos exigidos pelo Governo Federal, a filha do prefeito de Maiquinique, na Bahia, recebeu 2 parcelas do auxílio emergencial. O caso repercutiu negativamente na cidade e após duras críticas nas redes sociais, o prefeito Jesuíno Porto (DEM), declarou que o dinheiro foi doado para famílias carentes do município.

A filha do prefeito, Hellen Lira Porto, é estudante de Medicina em uma faculdade particular de São Paulo. Assim como o caso de Hellen, o Tribunal de Contas da União (TCU) identificou outros 904. São pessoas com renda superior ao limite exigido nos requisitos do programa, mas mesmo assim foram contempladas pelo benefício.

Por meio de um áudio divulgado no whatsapp, o prefeito se pronunciou sobre o caso. No áudio, Jesuíno Porto diz que sua família não necessita do dinheiro e alegou que a quantia recebida pela filha era entregue a ele e usada para fazer doações. “Isso aí não é montagem, realmente é verdade. Hellen fez o cadastro emergencial, recebeu duas parcelas aí. Só que o que ninguém sabe é que, cada vez que ela recebe a parcela, ela me dá o dinheiro e eu doo para uma família carente”, alegou o prefeito.

De acordo com um nota emitida pela prefeitura de Maiquinique, o prefeito devolveu o dinheiro ao Governo Federal.

Veja trecho da nota: “que ao saber que os valores foram liberados e sacados, reconhece que de forma equivocada doou as duas parcelas para pessoas carentes da cidade, e que após consultar o departamento jurídico foi informado que o correto seria fazer a devolução das parcelas recebidas. Sendo assim, mesmo tendo feito as referidas doações tratou de realizar a devolução dos valores sacados ao Governo Federal”.

5 Comentários
  1. Marcelo Juarez Fernandes Diz

    Este auxílio emergencial é cheio de picaretagem 😘

  2. Marcelo Juarez fernandes Diz

    Que tem de pilantragem nesse auxílio emergencial puta que pariu 😎

  3. Gessica Diz

    Eu filha de mulher honesta trabalhadora guerreira esperando desdo dia 7 de abril . Dava pra dizer primeiro de abril né . Tropa de pilantra ladrão

  4. Sergio Diz

    Mau caráter!
    Não é à toa que é político!!!!
    Fazia doação dos 600 reais que a filhinha surrupiou?????
    Nos poupe!!!!

  5. […] é a primeira vez que isso acontece. Noticiamos aqui no portal Brasil123 o caso da Filha do prefeito baiano de Maiquinique que recebeu auxílio emergencial de R$600. Neste caso o prefeito também realizou a devolução da quantia recebida por sua […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.