FGTS de até R$ 1.045: Confira a data do próximo pagamento

0

A Caixa Econômica Federal (CEF) começou na terça-feira, 8 de setembro, a realizar novos pagamentos Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), na modalidade emergencial. O próximo pagamento será para os nascidos em dezembro. Veja abaixo:

  • 21 de setembro: nascidos em dezembro

Após realizado o depósito na poupança digital da Caixa, o trabalhador poderá efetuar o pagamento de boletos e realizar compras com o cartão virtual. O trabalhador que preferir não sacar o montante deve avisar com dez dias de antecedência.

Essa medida foi tomada pelo governo federal com intuito de auxiliar os trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com o limite de  R$ 1.045, trabalhadores com conta ativa ou inativa terão direito de receber. Veja abaixo o calendário de pagamento, saques e transferências.

Calendário Atualizado

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Saque emergencial de até R$ 1.045

Os depósitos começaram no dia 29 de junho e seguirão válidos até 21 de setembro, conforme o mês de nascimento dos trabalhadores. No entanto, quem receber terá que esperar semanas ou até meses para sacar o dinheiro.

Caso os trabalhadores queiram antecipar (sacar) o pagamento, podem usar os fintechs (empresas de tecnologia financeira) que oferecem a opção de uso do app da Caixa para pagamento de um boleto ou fazer uma compra online.

Para simplificar, essa opção permite o usuário realizar transferência do valor do FGTS emergencial a uma conta em nome do próprio beneficiário.

Projeto quer permitir saque do FGTS para pagamento de plano de saúde

Um projeto em tramitação na Câmara dos Deputados quer permitir que trabalhadores saquem o FGTS para pagamentos de planos de saúde. De acordo com a proposta, os beneficiários poderiam fazer isso em benefício próprio ou não.

Ou seja, se uma pessoa está precisando pagar uma conta de um plano de saúde ela poderia sacar esse FGTS. Isso valeria também para os dependentes. Simplificando, se o filho dessa pessoa estivesse precisando pagar esse plano, a pessoa poderia sacar o dinheiro.

A proposta é do deputado federal Luis Carlos Motta, do PL de São Paulo. Ele afirma que essa medida iria ajudar várias famílias sobretudo neste momento. Seja como for, esta não é uma regra que valeria apenas para o período da pandemia.

“Não se justifica o impedimento de utilizar parte do FGTS para auxiliar o trabalhador e/ou seus dependentes nas despesas com a saúde”, disse o deputado federal.

Mas essa é uma questão complexa. É que de uma certa forma, o FGTS já está disponível para pessoas que tenham um diagnóstico de uma doença grave. Sendo assim, esse projeto ampliaria esse leque de possibilidades no quesito de doença.

Leia também: Abono PIS/PASEP: veja calendário ATUALIZADO dos próximos pagamentos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.