Fernanda Souza fala de período sabático e relata apoio de Thiaguinho

A atriz afirmou que precisava ficar um tempo afastada dos holofotes, mas sentiu insegurança no início.

0
Fernanda Souza fala sobre período sabático
Reprodução: Instagram

Fernanda Souza está afastada das telinhas desde 2019 e, em entrevista à Gabi Oliveira, do podcast Uma Estrangeira, a atriz e apresentadora fala sobre o período sabático. Ademais, ela fala sobre o que a levou a tomar a decisão e que contou com o apoio de Thiaguinho, seu ex-marido. Saiba mais!

Fernanda Souza fala sobre período sabático

Na entrevista, ela conta que o medo de avião foi um dos motivos que a fizeram parar com os trabalhos. “Era um desafio enorme, por causa do medo de avião que eu tinha na época. Para eu viajar eu tinha que pegar avião, então, era sempre uma questão emocional ali envolvida. Todo voo era uma batalha. Só que eu não desistia, porque, sei lá, você tem uma plateia de cinco mil pessoas esperando num lugar, então, como você não vai estar no avião? Fui sentindo uma necessidade de: ‘Cara, se eu posso, se eu tenho esse privilégio na vida de tirar um tempo, por que não fazer?’ E aí eu fiz”, justifica.

Fernanda explica os trabalhos que dispensou: “Nessa jornada, eu fui cancelando tudo. Na verdade, eu não só não renovei a temporada do Vai Fernandinha, que o Multishow entendeu, mas parei o canal, diminuí a rede social… O Só Toca Top eu já tinha dito que faria só uma temporada. Deu tudo certo. Parei com a peça porque eu sabia que, com cinco anos, eu daria uma paradinha”, contou.

A pausa teve efeitos positivos: “Aí, quando eu, eu já estava aqui nesta vida mais tranquila, olhando para dentro. Aí eu tive tempo de olhar mais para dentro, o que eu reconheço como um bom privilégio, porque não é todo mundo que tem essa possibilidade de fazer o que eu fiz e tenho feito ainda. Eu reconheço bem que não é uma coisa simples”, explica.

Apoio

Aliás, Fernanda contou com o apoio de pessoas próximas. “Nunca é uma coisa só de fora e nem só de dentro, porque você vai dividir. Eu era casada com o Thi e ele super me apoiou. Falou: ‘Claro, se você pode, se você conseguiu conquistar esse lugar, usufrua dele”.

Por fim, ela diz que passou cerca de três anos sem exercícios físicos. “Chegou uma hora que eu enchi o saco e, durante uns três anos da minha vida, eu não treinava. Me orgulho disso? Não me orgulho, mas fiz. Para quem estava acostumada a treinar, o que era gostoso era não fazer nada. Tem coisa melhor do que não fazer nada? Só que, ao mesmo tempo, treinar e o benefício que aquilo são muito gostosos também, então, eu acho que eu preferi começar a me movimentar, até por uma questão de saúde mesmo. Eu sou muito focada na minha saúde. Por ter hipotireoidismo, eu faço exame de sangue com frequência, a cada quatro meses. Minha maior alegria é gabaritar o exame de sangue, saber que eu estou com as taxas em dia.”

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.