Ex-Seleção Brasileira, Maicon deve jogar no Fast de Manaus

0

Atualmente tendo 12 atletas anunciados oficialmente, o Fast espera fechar o elenco para a Série D até o dia 15, data em que anunciou o início dos treinamentos para a competição nacional. E uma das principais negociações do clube, com o lateral Maicon, ex-Seleção Brasileira e Inter de Milão, deverá ter um desfecho nesta semana, conforme o presidente do clube Denis Albuquerque.

Maicon em seu clube mais recente Foto Twitter Criciúma
Maicon em seu clube mais recente / Foto: Twitter Criciúma

“A gente fez uma contraproposta. Ele nos mandou outra e fizemos uma outra contraproposta que seja boa para ele e dentro da realidade do clube. Essa semana é uma data que a gente quer finalizar essa negociação. E também definir o elenco”, explicou a negociação do Fast com Maicon.

Em relação ao elenco visando a Série D, o presidente do Fast revelou que deve ter 20 jogadores. Além disso, aproveitará, pelo menos, cinco atletas da base, que foram aprovados pelo treinador Wladimir Araújo.

Estamos negociando com alguns jogadores que não foram anunciados. No decorrer desses dias, até quarta, teremos mais novidades. Além disso, vamos dar a oportunidade para esses garotos (da base), aprovados pelo Wladimir”, completou o presidente do Fast.

Denis Albuquerque explicou que todos no Fast, sejam funcionários do departamento de futebol ou não, farão exames para a Covid-19 antes da volta aos treinos no dia 15 de julho.

“Todos vão fazer (exame). Vamos seguir o protocolo. A gente espera um posicionamento da federação esta semana (sobre recomendações). A expectativa é que a gente volte dia 15″, finalizou o dirigente.

Carreira de Maicon

A menos de um mês de completar 39 anos, Maicon busca retomar sua carreira. Seu último clube foi o Criciúma, onde disputou apenas 21 jogos na temporada passada. O jogador que atuou na Seleção Brasileira por 77 jogos entre 2003 e 2013, marcou sete gols com a camisa canarinho. Formado nas categorias de base do Novo Hamburgo, despontou no Cruzeiro e de lá foi para o futebol europeu.

O grande momento do lateral foi na Inter de Milão, onde esteve entre os anos de 2006 e 2012, conquistando a tríplice coroa do time neroazzurro em 2010. Depois, teve passagens menos inspiradas em Manchester City e Roma. Voltando ao futebol brasileiro em 2017, para jogar no Avaí.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.