Ex-jogador Dinei nega ter retirado dinheiro da conta da ex: “Faço o que quiser”

O ex-participante do 'Ilha Record' foi acusado por Erika Dias de agredi-la

0

O ex-jogador Dinei, do time Corinthians, ficou furioso com as acusações da ex-namorada, Erika Dias. Em depoimento para a colunista Fábia Oliveira, ela afirmou que foi agredida pelo craque e ele até teria roubado R$10 mil dela.

Assassinato de Daniella Perez vai virar série na HBO Max

Dinei, em pronunciamento nesta quarta-feira (15), afirma que guardava a quantia em sua casa em São Paulo e, portanto, “é minha, faço o que quiser”. Na sequência, ele explicou que o dinheiro fazia parte do cachê da ‘Ilha Record’: “Manda a Erika tirar os extratos dela antes do ‘Ilha Record’ e do mês de maio. Ela recebia R$ 1.200,00, porque trabalhava com telemarketing e foi mandada embora. Como é que ia juntar R$ 15 mil, sendo que só ficou oito meses na empresa?”.

O jogador também nega que os depósitos foram feitos em outra conta, para fugir do bloqueio por pensão alimentícia: “Como é voltada para empresa, colocava lá para ficar guardado. E tem outra, a rescisão trabalhista dela deu R$ 2.300,00”.

Por fim, Dinei mandou dois vídeos para a colunista Fábia Oliveira: um mostrando a porta intacta do apartamento e outro com o depoimento do porteiro.

Relembre as acusações de Erika

Erika Dias, ex do jogador Dinei, o acusou de uma série de agressões físicas após a saída dele do reality ‘Ilha Record’. De acordo com a empresária, para a colunista Fábia Oliveira, nesta última terça-feira (14), tudo começou no último domingo quando eles estavam no Camarote da Arena Corinthians, em São Paulo.

Como o aniversário do atleta foi no dia 10 de setembro, o Corinthians mandou ao local a bateria da Gaviões da Fiel para fazer uma surpresa, mas Dinei não gostou nada. Em especial por achar que a ex se engraçaria com um dos homens presentes.

“Me exaltei porque ele começou a dizer que eu queria ficar lá para ver homens e também porque me segurou pelo braço, deixando-o roxo. Ninguém fez absolutamente nada. Nem os seguranças do FielZone”, relata Erika. Ela foi para uma delegacia fazer o boletim de ocorrência, mas sem conseguir, resolveu voltar para a casa.

Foi ali, por volta das 4h30, Dinei teria aparecido totalmente bêbado e tentando derrubar a porta de seu apartamento. Erika garante que as agressões já teriam ocorrido outras vezes: “Me sinto de mãos atadas, muito triste por ninguém ter movido uma palha para me ajudar. Estou abalada com tudo isso. Não quero causar nenhum mal, mas é fato que ele precisa se cuidar”.

Erika o acusou ainda de tentar afastá-la de amigos e familiares, além de roubar R$10 mil dela.

 

 

Veja também: Camila Queiroz rebate crítica por atuação em ‘Verdades Secretas’: “Mandei benzão”

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.