Ex BBBs recorrem ao auxílio emergencial. Veja!

Cerca de 30 ex participantes do reality show são beneficiários ao programa. Saiba quem são!

0

De acordo com um levantamento recente feito pelo jornal Metrópoles, cerca de 30 ex BBBs recorreram ao auxílio emergencial. A pesquisa foi feita através do Portal da Transparência, do Ministério da Cidadania.

O veículo de imprensa conseguiu contato com alguns destes beneficiários, que falaram sobre as suas situações durante a pandemia.

Ex BBB’s que são beneficiários do auxílio emergencial

De acordo com o levantamento do jornal, alguns dos ex BBBs que recorreram ao benefício são: Alan, BBB 19; Ana Paula, BBB 18; Daniel, BBB 20; Fernando Carlos Medeiro, BBB 15; Flayslane, BBB 20; Ivy Moraes, BBB 20. Além disso, Luan Patrício, BBB 15; Luiz Felipe, BBB 17; Manuel Augusto, BBB 17; Manu Gavassi, BBB 20; Aline Santos, BBB 13; Analice, BBB 12; Bruna, BBB 7. Também, Daniel, expulso do BBB 12; Lia Khey, BBB 10; Franciele, BBB 14; Cida, vencedora do BBB 4; Giuliano Ciarelli, BBB 5; Hanna, BBB 19; Isabela, BBB 19; Jakeline, BBB 19; Caruso, BBB 18; Marcos Aurélio, BBB 18. E, mais,  Maria Nilza, vencedora do BBB 6; Marien dos Reys, BBB 13; Rodrigo Fraga, vencedor do BBB 2; Solange, BBB 4; Tamires, desistente do BBB 15; Uilliam, BBB 10; Vanessa Soares, BBB2.

No entanto, vale ressaltar que os ex BBBs beneficiários do auxílio alegaram estar dentro das regras do programa e, assim, pediram o benefício.

Por exemplo, Lia Khey afirmou ao jornal que é muito difícil se manter trabalhando apenas como ator no Brasil. “A profissão não tem um fluxo de trabalho constante. Por isso, também faço bico em produção de eventos. Porém, o mercado de festas e shows também acabou sendo atingido durante a pandemia. Estou desempregada há uns quatro meses e tive que recorrer ao auxílio emergencial.”, contou ela.

Outros casos…

Também, outra das ex BBBs, Analice de Souza, a primeira eliminada do BBB 12. Analice contou que quando entrou no programa tinha um bar em Belo Horizonte, o Oliver Art Bar. E, após ser eliminada da casa, ela voltou a gerenciar o estabelecimento. No entanto, com a pandemia, precisou fechar o local.

“Meu negócio já não andava muito bem das pernas, estava complicado. Durante a pandemia, tentei entregar as comidas via delivery, no entanto, não deu muito certo.”, disse.

“Com o passar do tempo, percebi que a situação econômica ia demorar para melhorar, então, optei por fechar o local. Sou MEI e me encaixo nas regras e pedi o auxílio emergencial. Participar do programa não fez de mim rica e, muito menos, milionária.”, revelou Analice.

Já a vencedora do BBB 4, Cida, afirmou que não responderia para publicação. No entanto, ela disse em entrevistas que perdeu o dinheiro que conquistou no programa. Atualmente, ela é casada com um motoboy, com renda mensal de R$ 1,5 mil.

Ex BBBs
Ex BBBs

Além disso, mais um dos ex BBBs que recorreram ao benefício foi o vencedor da edição 2, Rodrigo Fraga – conhecido como Cowboy. Por meio de assessoria, ele disse que não cometeu nenhuma fraude, mas não quis dar detalhes sobre o pedido do auxílio emergencial.

Com informações do Jornal Metrópoles

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.