EUA autoriza viagem ao exterior, mas deixa Brasil na lista de países a ser evitado

Entretanto, o Departamento de Estado informou em um comunicado que, apesar desta advertência geral, voltará a avaliar a situação de cada país, caso a caso.

0

Na última quinta-feira (6), o governo dos Estados Unidos autorizou a viagem dos seus cidadãos para outros países após meses bloqueados por conta do coronavírus Covid-19.

Entretanto, o Departamento de Estado informou em um comunicado que, apesar desta advertência geral, voltará a avaliar a situação de cada país, caso a caso.

“Com as condições sanitárias e de segurança que melhoram em alguns países e pioram potencialmente em outros, o Departamento está retomando o sistema anterior”

O anúncio é feito enquanto o presidente Donald Trump busca um retorno rápido à normalidade nos Estados Unidos, país mais afetado do mundo pela COVID-19.

Mas, ainda as fronteiras americanas permanecem fechadas para a maior parte dos passageiros provenientes da União Europeia, que por sua vez, mantém uma proibição de entrada aos americanos por risco de contágio.

Brasil ainda está na lista de países que devem ser evitados

EUA autoriza viagem ao exterior, mas deixa Brasil na lista de países a ser evitado
EUA autoriza viagem ao exterior, mas deixa Brasil na lista de países a ser evitado – Foto: Pixabay

Apesar dessa liberação de viagens ao exterior, o Departamento de Estado manteve a recomendação para que se evitem a visitação de alguns países, dentre eles o Brasil.

Para isso, cada país foi dividido em níveis, baseado nos números de contágio do coronavírus em cada um deles:

“Nível 1”: significa que não existem preocupações especiais para esse destino, entre eles, Taiwan, elogiado amplamente pelo manejo da pandemia, e a Austrália.

“Nível 3”: indica reconsiderar a viagem, onde estão nesta listas alguns aliados americanos, como Reino Unido, França e Alemanha.

“Nível 4: é aqui que se encontra o Brasil, China e Índia, onde se recomenda evitar qualquer tipo de viagem.

No dia 19 de março, Washington havia solicitado que seus cidadãos evitassem viajar para o exterior em geral, e países da Europa fecharam as suas fronteiras para os americanos devido os altos índices de mortes pela Covid-19.

Até esta sexta-feira (7) os Estados Unidos registraram 4.889.747 casos, com 159.623 mortes pelo novo coronavírus no país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.