Estado de SP ultrapassa a marca de 901,2 mil casos de coronavírus

Todos os 645 municípios do estado de SP têm pelo menos uma pessoa infectada.

0

Na terça-feira (15), o Estado de São Paulo chegou a triste marca 901.271 casos confirmados do novo coronavírus, resultando em 32.963 óbitos pela doença.

Deste número, 763.246 pessoas estão recuperadas da Covid-19 no estado, sendo que 99.736 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

Os dados foram divulgados pela secretaria de saúde do estado e mostra que as taxas de ocupação dos leitos de UTI se encontram na casa dos 50,3% na Grande São Paulo e 50,7% no Estado.

Além disso, todos os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, e mais informações sobre o coronavírus no estado podem ser consultada em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Perfil da mortalidade e dos casos de coronavírus no estado

Estado de SP ultrapassa a marca de 901,2 mil casos de coronavírus
Estado de SP ultrapassa a marca de 901,2 mil casos de coronavírus – Foto: Internet

Entre as vítimas fatais estão 19.054 homens e 13.909 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,3% das mortes.

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 420.640 homens e 474.564 mulheres. Não consta informação de sexo para 6.067 casos.

*Dados: Secretaria da Saúde do Estado de SP

Governo do estado está confiante com uma vacina ainda esse ano

O governo do estado de São Paulo está bastante confiante sobre a chegada de uma vacina ainda em 2020.

Para a produção da vacina no estado, estão sendo realizadas obras de modernização e ampliação da fábrica do Instituto Butantan, que irá produzir a imunizadora contra o coronavírus desenvolvida pelo instituto, em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

O cronograma é que o inicio da ampliação ocorra em 1º de novembro, e diante das perspectivas, a vacina poderá ser distribuída em seguida.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), o governo conseguiu arrecadar em doações com a iniciativa privada cerca de R$ 97 milhões. O montante representa 60% do custo total do projeto, de R$ 160 milhões.

A CoronaVac, nome dado a vacina contra o coronavírus testada em SP, está na fase três de testes clínicos, que é a última etapa antes da aprovação da vacina. Os testes envolvem 9 mil profissionais de saúde, que se voluntariaram para receber as doses da vacina em 12 centros de pesquisa em seis estados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.