Estado de SP terá fase vermelha da quarentena aos finais de semana e no fim do dia

Na capital paulista, a medida entra em vigor já no feriado da próxima segunda (25), aniversário da cidade. Para as demais regiões, será feita nos finais de semana dos dias 30 e 31 e 06 e 07 de fevereiro

1

Os números da Covid-19 no estado de São Paulo não param de subir. Nesse sentido, após mais uma semana de piora nos indicadores da Covid-19, a gestão do governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (22) regras mais restritivas de isolamento social.

Leia também: Vacinas Pfizer: empresa promete enviar 40 milhões de doses a países pobres

Agora, todo o estado entrará na fase vermelha do plano de flexibilização econômica aos finais de semana e feriados. Nos dias úteis, a fase vermelha valerá das 20h às 6h. Nela, apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias, podem operar. Bares, restaurantes e comércio não poderão funcionar.

Na capital paulista, a medida entra em vigor já no feriado da próxima segunda (25), aniversário da cidade. Para as demais regiões, será feita nos finais de semana dos dias 30 e 31 e 06 e 07 de fevereiro.

Todavia, de acordo com o coordenador Executivo do Centro de Contingência da Covid-19, João Gabbardo, não é necessário que a população espere até segunda-feira (25) para começar a cumprir as medidas mais rígidas.

“Algumas medidas poderão ser implementadas nos próximos dias adicionalmente às que estamos tomando hoje. Se os indicadores não melhorarem, se as pessoas não mudarem o seu comportamento, como por exemplo, não vamos esperar 2ª feira para começar a cumprir com as medidas hoje anunciadas”, disse o coordenador.

“A partir de agora as pessoas já devem ter a preocupação de reduzir ao máximo tudo aquilo que pode aumentar a transmissibilidade da doença. Não fiquem esperando decreto. Não fiquem esperando as ordens do governo.”, completou João Gabbardo.

Além da fase vermelha

Além da reclassificação, o governo de São Paulo também anunciou nesta sexta-feira (22) novas restrições para combater o avanço da pandemia. As cirurgias eletivas estão canceladas em todos os hospitais públicos e conveniados do estado e o Hospital de Campanha de Heliópolis, na capital, será reativado.

Além disso, o parâmetro de taxa de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) na fase vermelha passou de 80 para 75% e nenhuma região poderá ir as fases verde e amarela antes do dia 8 de fevereiro.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Estado de SP terá fase vermelha da quarentena aos finais de semana e no fim do dia […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.