Enem 2020: O que esperar em relação ao rendimento dos candidatos

Após a pandemia, devemos ter uma expectativa diferente sobre o que esperar do rendimento e notas do exame.

1

Sabemos que após a pandemia muitas coisas mudaram e a partir de todos os problemas que estamos enfrentando, o acesso à educação também mudou.

Dessa forma, estudantes que pretendem realizar o Exame Nacional do Ensino Médio, tiveram que encontrar novas formas de aprender.

Além disso, devemos levar em conta que nem todos os estudantes têm acesso à internet. Sendo assim, candidatos que possuem melhores condições para estudar, terão vantagem.

Por esse motivo, de acordo com as dificuldades e também a realidade de cada situação, vamos entender qual a previsão para o desempenho dos candidatos.

Desigualdade

Já não é novidade pra ninguém que os estudantes que possuem fácil acesso à cursinhos, livros didáticos e ferramentas para aprender, conseguem um desempenho melhor.

Em contrapartida, candidatos que não possuem boas condições financeiras e contam com poucos recursos, tendem a ter mais dificuldade para alcançarem resultados positivos no exame.

Isso acontece justamente por conta da desigualdade social no Brasil, que impacta diretamente no futuro dos jovens de baixa renda.

Em outras palavras, sabemos que a desigualdade é algo que afeta também a qualidade de vida das pessoas.

Dessa forma, diante de uma pandemia como essas, alunos que não têm acesso à internet por conta de dificuldades financeiras, se viram como é possível estudando dentro de casa.

Previsão

A partir do momento que passamos a entender que com toda essa pandemia os alunos que não possuem fácil acesso à internet terão mais dificuldade para conseguir um bom desempenho, conseguimos fazer uma previsão.

Sendo assim, a previsão é de que a partir desses novos acontecimentos, poderemos entender ainda mais como a desigualdade social afeta a vida das pessoas.

Além disso, pode ser que a partir dessas dificuldades, possamos começar a pensar sobre o que o país pode fazer para estruturar as famílias que possuem poucos recursos e permitir uma educação de qualidade para qualquer aluno, indiferente de sua classe social.

Clique aqui e saiba mais sobre a desigualdade de renda no Brasil.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] para os dois próximos finais de semana, isto é, 17 e 24 de janeiro, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem mesmo acontecer. Isso porque a Justiça de São Paulo negou o pedido de suspensão das […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.