Empresas não vão poder comprar vacina para os seus empregados, diz governo

De acordo com O Estado de São Paulo, Governo deixou claro em reunião que as empresas não poderão comprar vacinas para os seus empregados

1

Empresas que quiserem comprar vacinas exclusivamente para os seus empregados, não poderão colocar a ideia em prática. De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o Governo deixou isso claro em uma reunião com empresários.

Segundo o jornal, a reunião contou com ministros do governo e com vários empresários brasileiros. Alguns deles demonstravam o desejo de comprar a vacina por conta própria. A ideia é que eles negociassem com os laboratórios.

Dessa forma, eles iriam poder vacinar os trabalhadores apenas das suas empresas, o que iria acelerar o processo de volta para a normalidade no ambiente de trabalho específico da empresa. Mas o governo deixou claro na reunião que eles não poderão fazer isso.

De acordo com as informações do jornal, o governo disse aos empresários que vai comandar todo o processo de vacinação no Brasil. Disse ainda que eles não precisariam se preocupar com a situação porque eles já possuem um cronograma de vacinação.

É certo que o Brasil é um dos países do mundo que ainda não começaram a sua vacinação, mesmo tendo a sua própria vacina. Seja como for, integrantes do governo avisaram no encontro que o país já possui contrato para 500 milhões de doses. Isso daria portanto para imunizar a população inteira.

Vacina para empregados

Muito se discute sobre a possibilidade de se colocar alguns grupos trabalhistas na primeira fase da vacinação. Há, por exemplo, uma pressão para que os professores ganhem essa prioridade junto com os profissionais de saúde pública.

Seja como for, esse é um assunto polêmico. Muita gente argumenta que os professores do grupo de risco já receberiam o imunizante na primeira fase. Outros argumentam que a imunização de todos os professores é importante para um retorno seguro das aulas.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] de todo o Brasil estão investigando uma série de falsos vendedores de falsas vacinas contra a Covid-19. O caso mais recente aconteceu agora em Santa Catarina. Um site oferecia 10 caixas de Coronavac por […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.