Em SP, casos de Covid-19 em novembro é 6 vezes maior do que no início da pandemia

Dados da Secretaria de Estado da Saúde mostram que foram registrados 186.099 novos casos do vírus no último mês de novembro

0

Novembro apresentou números alarmantes de casos da Covid-19 no estado de São Paulo. Dados da Secretaria de Estado da Saúde, publicados na segunda-feira (28), mostram que foram registrados 186.099 novos casos do vírus no último mês em questão na região. Comparado com o início da pandemia – fevereiro e abril – a soma é seis vezes maior – à época, o número foi de 28.699.

Leia também: Argentina começa vacinação contra a Covid-19

Ainda de acordo com a Secretaria, o número de pessoas que perderam suas vidas devido à Covid-19 em dezembro no estado chegou a 3.807 na tarde de ontem, segunda. Este número é 60% maior do que o registrado nos três primeiros meses da pandemia: 2.375 mortes.

Hoje, segundo a última atualização, o estado de São Paulo acumula 45.902 mortes causadas por complicações do vírus. Já a relação de casos confirmados é de 1,427 milhão, sendo que a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é de 65,5% na região metropolitana e 61,1% no estado.

Covid-19 na capital

A cidade de São Paulo chegou nesta segunda a 474.946 casos confirmados e 15.458 mortes pela Covid-19. A taxa de ocupação de leitos de UTI na capital chegou a 61% nos hospitais municipais e a 92% nas unidades contratadas pela administração municipal para dar conta da demanda.

Fase vermelha 

Com o intuito de desacelerar a pandemia no estado, o governo de São Paulo anunciou na semana passada a implantação de novas medidas restritivas. Dessa forma, todo o estado foi colocado na fase vermelha entre os dias 25 e 27 de dezembro e ficará novamente nessa categoria entre os dias 1º e 3 de janeiro de 2021.

Nesta fase, que vem sendo respeitada pela maioria das cidades do estado, com exceção dos municípios do litoral, é permitido o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais, como serviços de saúde e supermercados. Shoppings, lojas, cinemas, teatros, academias e salão de beleza ficam fechados. Bares e restaurantes podem só fazer entregas.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.