Dragagem de rio em Chernobyl preocupa especialistas europeus

Especialistas afirmam que a dragagem do rio Pripyat é um erro. Dragagem começou no último mês de julho em Chernobyl

1

A região de Chernobyl, na Ucrânia, volta a ser alvo de preocupações dos especialistas na Europa. É que está começando por lá o processo de dragagem do rio Pripyat. Eles afirmam que esse processo é um erro e pode ser fatal.

Para quem não sabe, Chernobyl é uma área da Ucrânia que sediou o maior desastre nuclear da história, em 1986. De acordo com as informações oficiais, dezenas de pessoas morreram na hora e milhares desenvolveram doenças horríveis anos depois.

Desde julho, o Governo autorizou o início da dragagem do Rio Pripyat, que fica a cerca 2,5 quilômetros do reator que explodiu. Desde o início da dragagem, eles já realizaram o processo de retirada de sedimentos em sete pontos.

Mas o trecho mais próximo do reator ainda vai passar por essa dragagem. E esse é o ponto de maior preocupação dos especialistas. Eles afirmam que a dragagem na região é um erro. De acordo com eles, o processo vai mexer com o iodo radioativo.

Esse iodo radioativo está no solo desse rio. Se passar por uma dragagem o resultado pode ser um novo desastre. Isso porque o iodo pode contaminar a água de cerca de 8 milhões de pessoas na Ucrânia. Por isso existe a preocupação.

Olho em Chernobyl

Em nota, a empresa que está realizando a dragagem afirma que esse é um processo seguro. De acordo com ela, a dragagem do rio vai ser uma boa notícia para economia. Isso porque, ainda de acordo com eles, o rio vai virar um trecho de uma via fluvial.

Essa via vai ligar os transportes marítimos entre a Polônia, a Ucrânia e a Bielorrússia. A Atomic Energy Association (IAEA), afirmou que esse não é um argumento considerável e disse que Chernobyl deveria ficar intacta pelos próximos séculos.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.