Dor de cabeça pode surgir na quarentena

Cansaço emocional motivado pelas mudanças e inseguranças do período pode desencadear problemas físicos, como é o caso da dor de cabeça.

0

A pandemia do novo coronavírus é um fator de estresse e ansiedade para todos. Seja tendo que trabalhar fora ou em total isolamento social, o período é repleto de desafios. Além disso, as preocupações em relação ao futuro, o medo, a ansiedade e problemas financeiros podem acabar resultando em problemas físicos de saúde. Desse modo, o cenário pode ser favorável ao surgimento de quadros de dor de cabeça, ou agravamento dos quadros já existentes.

Esses chamados “fatores estressantes” estão fazendo com que muitas pessoas passem a sentir dor de cabeça durante o isolamento. Contudo, nem sempre essa dor terá raiz no cansaço emocional. Existem uma série de outras doenças que podem levar ao surgimento do problema. Portanto, caso o quadro persista, é preciso procurar por ajuda profissional.

Fatores que levam ao surgimento da dor de cabeça

Desde o início da pandemia, muitas pessoas têm lutado contra a insônia. Em abril, logo no início do isolamento, o termo foi o mais buscado no Google. Como resultado, as pessoas ficam mais cansadas ao longo do dia, sentem dificuldades para realizar as tarefas rotineiras e acabam tendo dor de cabeça.

Em segundo lugar, o abuso de álcool subiu durante o período. Simultaneamente, boa parte da população acabou mudando seus hábitos alimentares nos últimos meses, boa parte dos casos para pior. Esses dois fatores, em especial quando associados, acabam sobrecarregando o corpo. Muitas pessoas conhecem a ressaca de álcool, mas desconhecem a ressaca alimentar. Logo, quando sobrecarregamos órgãos como o fígado, o pâncreas e o estômago, podemos sofrer com problemas como náuseas, azia e dor de cabeça.

Além disso, o uso excessivo de aparelhos eletrônicos e a má postura também podem ser associados ao quadro. Por essa razão, é preciso que mesmo durante a quarentena não nos descuidemos da saúde. Controlar a alimentação, dormir bem e praticas exercícios físicos podem contribuir para a melhora daqueles que estão sofrendo com a dor de cabeça na pandemia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.