Dólar recua 0,17% no dia e acumula queda de 7,19% em novembro

O acumulado no ano ainda é de valorização de 32,81%

1

O dólar comercial continua mantendo a trajetória descendente em novembro. Nesta sexta-feira, dia 27, recuou 0,17%, cotado a R$ 5,325. Apesar de tímida, a queda aponta uma fraqueza da moeda norte-americana, frente ao real, que não aconteceu durante, praticamente, todo ano. A saber, o dólar acumula uma retração de 1,13% na semana e de 7,19% em novembro. 

No entanto, mesmo com a apreciação do real no mês, é a moeda americana que segue vencendo no ano. E de muito. O dólar ganhou apreciação de 32,81% em 2020 em relação ao real. Em suma, isso aconteceu devido à pandemia da Covid-19, que atingiu todo o planeta. Dessa forma, com a economia mundial em recessão, os investidores buscaram um “porto seguro” (o dólar), em vez de arriscarem seus capitais em divisas mais fracas. Ou seja, o real saiu bastante prejudicado, figurando como uma das moedas com a maior desvalorização no ano. 

 

Questão fiscal impede queda do dólar 

É certo que os anúncios sobre vacinas contra a Covid-19 dão otimismo aos mercados. Além disso, reduzem a figura da cautela dos investidores, que ditou as movimentações financeiras no ano. Ao mesmo tempo, a eleição de Joe Biden à Casa Branca dos Estados Unidos também contribui para um sentimento menos ansioso e apreensivo. E isso ocorre, pois as expectativas apontam para um governo menos propenso a manter as disputas comerciais com a China. 

Por outro lado, o avanço nas infecções e mortes pela Covid-19, que estão atingindo níveis superiores aos de março a junho, preocupam os mercados. O medo é que ocorra uma nova estagnação na economia mundial. Somado a isso, está a questão fiscal do Brasil, que vem causando apreensão entre os agentes financeiros. O resultado disso é uma variação menos intensa do dólar, como visto nesta semana, com uma queda relativamente pequena de 1,13%. 

 

LEIA MAIS

Ibovespa acumula crescimento semanal de 4,27% com cinco altas seguidas

Índice de confiança da indústria atinge maior nível dos últimos dez anos

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Dólar recua 0,17% no dia e acumula queda de 7,19% em novembro […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.