Dólar dispara no primeiro pregão de abril e volta a superar R$ 5,70

Novo pacote trilionário dos Estados Unidos não consegue enfraquecer moeda

2

O dólar comercial iniciou abril com forte alta. A saber, nesta quinta-feira (1º), a moeda americana disparou 1,55% e encerrou o pregão cotada a R$ 5,7148. Com esse resultado, a divisa recuperou parte da perda de 2,32% registrada na véspera (31).

Aliás, se na sessão anterior o novo plano financeiro dos EUA conseguiu enfraquecer o dólar, nesta quinta, o que pesou foram os riscos internos. Em primeiro lugar, o Brasil enfrenta o pior momento da pandemia da Covid-19, com recordes de casos e mortes superados quase diariamente.

Os hospitais permanecem lotados, com filas enormes de pacientes esperando por um leito de enfermaria ou UTI, sem contar na escassez de insumos e equipamentos médicos. Enquanto isso, a vacinação ainda segue num ritmo muito mais lento que o da própria disseminação do vírus.

Além disso, a questão política interna continua repercutindo. No início da semana, o presidente Jair Bolsonaro realizou a maior troca de primeiro escalão desde o início do seu governo. Em um único dia, na última segunda (29), seis ministros deixaram seus cargos.

Há dois dias, os novos comandantes das Forças Armadas do país também assumiram seus postos. Isso mostra a dança de cadeiras no governo Bolsonaro. E, devido à instabilidade política interna, muitos operadores preferiram, no dia, investir seu dinheiro em países mais tranquilos.

 

Novo pacote trilionário dos EUA

Do cenário internacional, muitos investidores repercutiram uma proposta de investimentos em infraestrutura nos Estados Unidos. Em resumo, o presidente dos EUA, Joe Biden, propôs o plano, que custaria cerca de US$ 2 trilhões ao governo americano. Aliás, essa expectativa por mais uma enxurrada de dólares superou as preocupações com a pandemia e derrubou a moeda americana na véspera. Contudo, isso não aconteceu nesta quinta.

Por fim, isso mostra que o Brasil vive um momento diferente do resto do mundo. Enquanto as bolsas globais subiram no dia, a brasileira afundou e o dólar subiu. Isso mostra que os riscos internos pesaram mais que o otimismo externo. Agora é esperar pra ver se isso acontecerá nos próximos dias.

 

Leia Mais: Ibovespa cai de novo, puxado por riscos sanitários e políticos internos

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Leia mais: Dólar dispara no primeiro pregão de abril e volta a superar R$ 5,70 […]

  2. […] Leia Mais: Dólar dispara no primeiro pregão de abril e volta a superar R$ 5,70 […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.