Distribuição da vacina de Oxford, veja como está sendo feita

2

A Fiocuz iniciou, no sábado (23), a distribuição das 2 milhões de doses da vacina de Oxford para os estados. Logo no domingo (24) alguns estados já iniciaram a distribuição para os municípios e durante esta semana a população já será imunizada com as doses da vacina.

Após o atraso de vários dias, na noite da última sexta-feira (22) chegaram no Rio de Janeiro 2 milhões de doses da vacina de Oxford, vindas do Instituto Serum, na Índia. A distribuição da vacina de Oxford foi feita em tempo recorde, porém 1 semana após a aprovação do uso emergencial da mesma, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Distribuição da vacina de Oxford

O primeiro estado a receber as doses foi o Rio de Janeiro, que é onde está localizada a sede da Fiocruz. Segundo os dados oficiais, foram destinadas 176.220 mil doses para o estado. De acordo com nota da Subsecretaria de Vigilância em Saúde todas as doses serão distribuídas à população, não sendo retidas as doses relativas a segunda imunização.

O estado do Rio de Janeiro decidiu adotar essa estratégia com relação a imunização e distribuição da vacina de Oxford pois a aplicação da segunda dose da mesma é diferente da vacina CoronaVac. A segunda dose precisa ser aplicada apenas após um período de 3 meses, ou seja, o decurso de tempo é bem maior.

São Paulo foi o estado que recebeu o maior número de doses, ao todo foram 501.960 mil. A distribuição da vacina de Oxford para os municípios paulistas está prevista para começar na próxima terça-feira (26).

Em Minas Gerais, o avião com as 190.500 doses pousou no Aeroporto Internacional de Confins na manhã do último domingo (24). A distribuição das doses para os municípios mineiros terá início nos próximos dias. A lista completa com os números de doses da distribuição da vacina de Oxford segue abaixo:

São Paulo – 501.960
Rio de Janeiro – 185.000
Minas Gerais – 190.500
Amazonas – 132.500
Bahia – 119.500
Rio Grande do Sul – 116.000
Paraná – 86.500
Pernambuco – 84.000
Ceará – 72.500
Goiás – 65.500
Distrito Federal – 41.500
Santa Catarina – 47.500
Rio Grande do Norte – 31.500
Paraíba – 36.000
Espírito Santo – 35.500
Mato Grosso do Sul – 22.000
Maranhão – 48.500
Pará – 49.000
Alagoas – 27.500
Mato Grosso – 24.000
Piauí – 24.000
Sergipe – 19.000
Rondônia – 13.000
Tocantins – 11.500
Amapá – 6.000
Acre – 5.500
Roraima – 4.000

Leia também:
Benefícios do chimarrão para a saúde: Conheça a bebida do sul do Brasil

Acesse diariamente o Brasil 123 para acompanhar as notícias sobre a distribuição da vacina de Oxford nos estados e municípios brasileiros.

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] também: – Distribuição da vacina de Oxford, veja como está sendo feita – A importância dos EPIs em tempos de […]

  2. […] Com 117 anos, Luiza Alves da Silva foi a primeira idosa acamada vacinada contra o novo coronavírus na cidade de Sobral, interior do Ceará. Apesar de usar uma sonda para se alimentar e se comunicar por gestos, ela não possui comorbidades. A imunização da dona Luiza ocorreu na tarde da última terça-feira (26), com a vacina de Oxford/AstraZeneca.  […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.