Digão, dos ‘Raimundos’, nega ser à favor de Bolsonaro, mas avisa: “Vou ter que votar nele”

O cantor diz que não se conforma com os "roqueiros de esquerda"

0

Digão, vocalista e guitarrista da banda ‘Raimundos’, abriu o jogo em entrevista ao site Splash Uol, nesta segunda-feira (9), sobre sua visão política. O músico garante que não é à favor do governo de Jair Bolsonaro, mas que não vê outra opção a não ser votar nele novamente.

Namorada de Conrado, da dupla com Aleksandro, pede orações e presta tributo

“Em 2020, as pessoas me cancelaram porque eu falei mal do comunismo. Mas uma coisa é clara, o nome só mudou, porque isso, na verdade, é censura. O Instagram te censura, as próprias pessoas perseguem as outras. Eu senti na pele, mesmo que um pouquinho, como os judeus se sentiam sendo perseguidos”, comparou o artista.

Digão diz que não se identifica com nenhuma ideologia: “Eu não sou bolsonarista, não sou de esquerda, não sou porra nenhuma. Eu sou Digão, roqueiro, sou pai de família e eu sei o que eu não quero para o meu país. Mas o que eu quero infelizmente não existe. Para mim, não existe vitória para o povo na política”.

O artista de 51 anos se vê como um contraponto ao Tico Santa Cruz e João Esquerda, que veem o rock como se fosse de esquerda. “Eu vou lá e vou votar em quem eu acho menos pior. Se o Bolsonaro é o único que tem, então, vou ter que votar nele”, frisa sobre as eleições.

Tico Santa Cruz faz críticas ao Bolsonaro

Tico Santa Cruz, vocalista da banda ‘Detonautas’, revelou no ano passado, que vem sofrendo ameaças após criticar o atual presidente, Jair Bolsonaro. O músico diz que os ataques são graves e envolvem a sua família.

No Twitter, Tico alertou os fãs após novos protestos contra o presidente e as falhas nas medidas adotadas durante a pandemia da Covid-19: “Deixar público aqui o fato de que estão ameaçando minha família de morte. Não é a primeira vez que isso acontece. Mas a forma como estão fazendo é bastante grave! Então quero deixar registrado para que todos saibam dessa informação!”

O músico recebeu apoio de diversos fãs e amigos e, tocado, agradeceu pelo carinho para continuar lutando contra o atual governo, complementando com um #ForaBolsonaro: “Quero agradecer a todas as pessoas que manifestaram solidariedade e apoio em relações as ameaças direcionadas a minha família. Seguiremos na luta! As autoridades competentes já foram acionadas! Não nos calarão com intimidações!”.

 

Veja também: Paulo André assina com a agência de modelos WAY Model

 

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.