DF prorroga vacinação contra poliomielite e Multivacinação até 11 de dezembro

Até o momento, 56,8% dos menores de 5 anos foram imunizados

0

Nesta última sexta-feira (27), a Secretaria da Saúde do Distrito Federal anunciou que somente 56,8% do público-alvo contra a poliomielite foi vacinado e 68,6% dos jovens na campanha da Multivacinação foram imunizados. Na vacinação contra a poliomielite, objetiva-se alcançar, pelo menos, 95% das crianças menores de cinco anos de idade. Por causa desse cenário, as campanhas foram prorrogadas até o dia 11 de dezembro. 

“Não se vacinar, além de colocar em risco a própria saúde, coloca em risco também a saúde de seus familiares e de outras pessoas do seu convívio, contribuindo para aumentar a circulação de doenças. Vacinar é prevenir, imunizar e cuidar”, afirmou a gerente de Imunizações da Secretaria de Saúde, Renata Brandão, em matéria divulgada pela secretaria.

De acordo com a Secretaria de saúde, o público estimado para imunização da poliomielite é de 160 mil crianças e bebês. Contudo, até o momento foram contabilizadas 91.790 que receberam a dose.

Sobre as campanhas

Poliomielite

A poliomielite é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus. Esse patógeno pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia.

Desta forma, a vacinação é aplicada de forma estratégica para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Além disso, todas as crianças menores de 5 anos deverão comparecer às salas de vacinas para receber uma dose contra poliomielite.

“A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou dose extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina”, explicou a Secretaria.

Multivacinação

A campanha da Multivacinação é destinada a crianças e adolescentes de até 15 anos de idade. Com isso, o objetivo é completar as cadernetas com os 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças: BCG (tuberculose); rotavírus (diarreia); poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil); pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib); pneumocócica; meningocócica; DTP; tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais); além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A.

Neste ano, a Meningo ACWY passou a integrar a lista de vacinas do Sistema Único de Saúde (SUS). O fármaco protege contra meningite e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

Veja também: Poliomielite: O que é, Causas e Tratamentos

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.