Deputado passa a mão no seio de deputada durante sessão; veja o vídeo

As imagens mostram a deputada Isa Penna (PSOL) sendo alvo de assédio e importunação sexual do também deputado Fernando Cury (Cidadania)

7

Um vídeo que circula pelas redes sociais, gravado durante a sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na noite de ontem, quarta-feira (16), mostra a deputada Isa Penna (PSOL) sendo alvo de assédio e importunação sexual do também deputado Fernando Cury (Cidadania).

Leia também: STF decide e vacina contra Covid-19 será obrigatória

Nesta quinta-feira (17), a Isa Penna protocolou uma ação contra Fernando Cury no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Alesp, que informou que vai avaliar o caso. Na ação, o ato do suspeito é tratado como “conduta inadequada e repugnante” e ainda identifica o caso como importunação sexual e quebra de decoro e ética.

Ação pede que deputado perca o mandato

De acordo com o documento, “além do contato forçado, há o toque ocorre em uma região íntima do corpo […] O acusado, ao se aproximar da deputada, coloca-se imediatamente atrás do seu corpo, tocando em uma região íntima do corpo feminino. ”

Deputado passa a mão no seio de deputada durante sessão; veja o vídeo
As imagens mostram a deputada Isa Penna (PSOL) sendo alvo de assédio e importunação sexual do também deputado Fernando Cury (Cidadania). (Foto: reprodução)

A ação contra Fernando Cury ainda complementa que “o ato, além de libidinoso, é cometido também sem qualquer tipo de anuência da deputada […] Diante do exposto, a deputada Isa Penna pede pela perda de mandato e a aplicação das demais penalidades, quais sejam advertência ou censura”.

Em nota, o Cidadania, partido do suspeito, disse que o caso foi encaminhado ao Conselho de Ética do partido para que sejam tomadas providências cabíveis e efetivas.

Fernando Cury se pronuncia  

Em nota, Fernando Cury disse que, a respeito dos fatos citados, esclarece que em nenhum momento houve o sentido de desrespeitar Isa Penna. “De fato, me aproximo dela para participar da conversa junto ao presidente da Casa, sem incitação ou conotação de tal cunho relacionado à violência contra a mulher”, relatou.

Além disso, ele relata que, no momento que percebeu a reação da deputada, fez questão de pedir desculpas para evitar qualquer mal entendido. “Logo no começo do vídeo divulgado, se exibido na íntegra, é possível ver que estou ‘abraçado’ a outro colega deputado, demonstrando assim que meu comportamento em nada tem a ver com a denúncia”, adiciona.

Por fim, ele conta que é casado, pai de dois filhos e reconhece a importância de um bom exemplo dentro de casa. “Recrimino todo tipo de abuso e violência contra a mulher, e reforço meu respeito e luta para nessa questão de grande relevância e destaque para nossa sociedade”, finaliza o deputado em nota.

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.