Depois da ‘batalha’ contra o Boca, Galo terá o River Plate pela frente na Libertadores

Time argentino se classificou na noite desta quarta-feira e vai pegar o Atlético nas quartas de final

0

Depois da ‘batalha’, literalmente, contra o Boca Juniors nas oitavas de final da Copa Libertadores, o Atlético Mineiro agora terá outro gigante argentino pelas quartas de final: o River Plate.

Isso porque na noite desta quarta-feira (21), a equipe de Buenos Aires venceu outro time de seu país, o Argentino Juniors, por 2 a 0, fora de casa, depois de ficar no 1 a 1 em casa no jogo de ida.

Agora, o Galo, comandado pelo técnico Cuca, vai ter que novamente se superar e mostrar a força do elenco para eliminar outro gigante.

Contra o Boca, foram dois empates por 0 a 0 e a classificação garantida nos pênaltis, na noite de terça-feira (20), no Mineirão, com direito a pancadaria dos argentinos após a partida.

Assim, o time de La Bombonera saiu reclamando bastante das decisões da arbitragem nos dois jogos, onde o VAR (árbitro de vídeo) anulou um gol do Boca em cada partida, de forma acertada.

No entanto, os atletas e a própria imprensa argentina destacou que o Boca Juniors foi ‘roubado’.

Inclusive, os dirigentes do Boca já ‘alertaram’ o arquirrival River Plate sobre as dificuldades de encarar o Galo.

Assim, os dois confrontos não estão longe de acontecer e estão marcados para os dias 2 e 9 de agosto.

O primeiro duelo será no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, com a volta no Mineirão, em Belo Horizonte.

Ainda invicto e dono da melhor campanha até agora na Libertadores, o Galo terá o direito mais uma vez de decidir a vaga em casa.

Desafio

O River Plate, adversário de logo mais, vem chegando sempre nas fases finais da Libertadores, sendo campeão recentemente em 2018, vice em 2019 e semifinalista em 2020.

Nos dois últimos anos, perdeu para equipes brasileiras. Primeiro, na final de 2019 contra o Flamengo.

Em seguida, caiu nas semifinais contra o Palmeiras no ano passado.

Assim, o Atlético, com um elenco milionário, tem inclusive o ex-craque do River, Nacho Fernández, um dos destaques atuais da equipe mineira.

Leia também: Brasil estreia contra a Alemanha em Tóquio-2020 e reedita final de 2016

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.